Tecnologia

Instagram libera Hyperlapse, seu app para vídeos acelerados

O Hyperlapse, novo app do Instagram, oferece uma maneira incrivelmente fácil de produzir vídeos superacelerados do tipo time-lapse

Hyperlapse: basta tocar num botão para produzir vídeos acelerados (Divulgação)

Hyperlapse: basta tocar num botão para produzir vídeos acelerados (Divulgação)

Maurício Grego

Maurício Grego

Publicado em 26 de agosto de 2014 às 15h28.

São Paulo -- A equipe responsável pelo Instagram no Facebook liberou, hoje, o Hyperlapse, seu app para a criação de vídeos acelerados, normalmente produzidos com a técnica de lapso de tempo (em inglês, time-lapse). 

Tradicionalmente, para obter um vídeo em lapso de tempo, junta-se uma sucessão de fotos estáticas. A técnica exige um tripé e bastante paciência do fotógrafo. No Hyperlapse, porém, o processo é muito mais simples. 

O usuário só precisa tocar num botão para começar a captar um vídeo que será acelerado depois pelo app. A velocidade de exibição pode ser ajustada de 1x (a velocidade de gravação) a 12x.

O Hyperlapse inclui um estabilizador digital de imagens. Segurando-se o smartphone com firmeza, é possível captar as imagens sem usar tripé e ainda obter um bom resultado.

O usuário não precisa se registrar para usar o Hyperlapse. No final, o vídeo pode ser salvo no smartphone e compartilhado no Instagram e no Facebook.

O Hyperlapse está disponível apenas para o iPhone e iPad. Vale observar que o iOS 8, nova edição do sistema operacional móvel da Apple, que deve ser liberada em setembro, também tem um recurso de filmagem em lapso de tempo.

O vídeo abaixo mostra videoclipes feitos com o Hyperlapse:

//player.vimeo.com/video/104409950?title=0&byline=0&portrait=0

Este outro vídeo mostra o efeito do estabilizador digital de imagens do Hayperlapse:

//player.vimeo.com/video/104410054?title=0&byline=0&portrait=0

Acompanhe tudo sobre:AppsApps para iPadApps para iPhoneEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaFacebookInstagramInternetiPadiPhoneRedes sociais

Mais de Tecnologia

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Carros autônomos: os robotáxis começam a virar realidade para a Waymo, do Google

Empresa chinesa avança em tecnologia quântica com novo termômetro de óxido de rutênio

Mais na Exame