Acompanhe:

Com preço de iPhone, novo fone de ouvido da Apple já é vendido no Brasil

AirPods Max foram lançados ainda em dezembro do ano passado. Preço cobrado no Brasil assusta

Modo escuro

Continua após a publicidade
AirPods Max: bateria de 20 horas e preço de iPhone 12 (Apple/Divulgação)

AirPods Max: bateria de 20 horas e preço de iPhone 12 (Apple/Divulgação)

R
Rodrigo Loureiro

Publicado em 19 de janeiro de 2021 às, 12h24.

Última atualização em 19 de janeiro de 2021 às, 12h25.

Os novos fones de ouvido da Apple já estão sendo vendidos no Brasil. Os AirPods Max ficaram disponíveis no site da Apple na última segunda-feira (18) e já podem ser encomendados por consumidores no país. O problema é o preço. O novo fone de ouvido sem fio da Apple custa 6.899 reais. Para piorar, assim como os iPhones, o gadget também vem sem o carregador.

O parrudo fone de ouvido over-ear da companhia da maçã foi lançado ainda em dezembro do ano passado. Nos Estados Unidos, o acessório custa 550 dólares (algo em 2.900 reais em conversão direta). O preço no Brasil sofre aumento por conta dos impostos de importação e outras taxas que as fabricantes precisam arcar para ofertarem seus produtos no país.

O valor de quase 7 mil reais faz com que os AirPods Max custem mais até mesmo do que alguns iPhones. O iPhone 11, por exemplo, pode ser comprado no site da Apple por 5.699 ou 6.199 reais nas versões de 64 ou 128 GB respectivamente. Já o iPhone 12 sai a partir de 6.999 reais no Brasil em sua versão mini, com tela de 5,4 polegadas. O aparelho com display de 6,1 polegadas custa 7.999 reais.

Se o preço dos AirPods Max é justificável ou não fica a critério do consumidor. Em termos de tecnologia, os AirPods Max contam com alguns recursos já presentes nos tradicionais AirPods e AirPods Pro. Há cancelamento de ruído ativo, equalização adaptativa, áudio espacial. A funcionalidade que desliga o aparelho quando ele não está sendo utilizado também está presente.

apple-fone-de-ouvido-airpods-max

AirPods Max: mais caro do que algumas versões do iPhone (Apple/Divulgação)

Em termos de som, os AirPods Max permite uma reprodução fiel de conteúdo gravado em formatos de áudio 5.1, 7.1 e Dolby Atmos. Já o cancelamento de ruído presente no aparelho utiliza microfones para entender a frequência de sons do ambiente e usar áudio computacional para emitir frequências paralelas e anular o ruído externo.

Comercializados sem o carregador (que é o mesmo do iPhone), os AirPods Max contam com bateria que permite o uso contínuo do gadget durante 20 horas. É um aumento considerável em relação a bateria dos pequenos AirPods, que duram cerca de 4 horas contínuas.

A Apple espera que o seu novo fone de ouvido possa ajudar a empresa a ampliar sua receita obtida com o setor de acessórios. A divisão que engloba produtos como fones de ouvido e o Apple Watch aumentou seu faturamento de 5,5 bilhões para 6,4 bilhões de dólares no terceiro trimestre do ano passado ante 2019.

Últimas Notícias

Ver mais
Apple retira WhatsApp e Telegram do mercado da China
Tecnologia

Apple retira WhatsApp e Telegram do mercado da China

Há 6 horas

Apple quer reformular Macbooks com chips projetados para inteligência artificial
Inteligência Artificial

Apple quer reformular Macbooks com chips projetados para inteligência artificial

Há uma semana

Apple alerta usuários de 92 países sobre ataque hacker ultrasofisticado
Tecnologia

Apple alerta usuários de 92 países sobre ataque hacker ultrasofisticado

Há uma semana

Apple deve lançar novos AirPods em 2024; veja o que se sabe até agora
Tecnologia

Apple deve lançar novos AirPods em 2024; veja o que se sabe até agora

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais