Amazon lança Echo Buds no Brasil, o fone que leva a Alexa pra fora de casa

O dispositivo estreia no mercado brasileiro com preços de R$ 899 para versão de carregamento via cabo, e R$ 999 com o estojo que pode ter também carregamento sem fio
Os Echo Buds oferecem até 5 horas de reprodução de música com uma única carga. O estojo compacto oferece duas cargas adicionais para um total de até 15 horas de reprodução de música. Uma carga rápida de 15 minutos garante até 2 horas de reprodução de música (Reprodução/Amazon)
Os Echo Buds oferecem até 5 horas de reprodução de música com uma única carga. O estojo compacto oferece duas cargas adicionais para um total de até 15 horas de reprodução de música. Uma carga rápida de 15 minutos garante até 2 horas de reprodução de música (Reprodução/Amazon)
Por André LopesPublicado em 16/02/2022 10:29 | Última atualização em 16/02/2022 16:35Tempo de Leitura: 4 min de leitura

No filme Her ("Ela"), de 2013, o solitário escritor Theodore, interpretado por Joaquin Phoenix, tem uma assistente virtual que o acompanha em todos os cantos. A interação, que na trama gera um amor improvável, ocorre via computador, pelo smartphone, em telas interativas e até mesmo por fones de ouvido.

A ficção científica, que já se vê em muito do mundo real, fica ainda menos distante nesta quarta-feira, 16: chegam ao Brasil, os fones Echo Buds, da Amazon, que permitem levar a assistente Alexa para fora de casa, tornando a conversa com uma inteligência artificial, como do longa Her, em uma cena comum.

Tenha acesso agora a todo material gratuito da EXAME para investimentos, educação e desenvolvimento pessoal.

O dispositivo, que já está em sua segunda versão, promete ser 'pequeno, leve e confortável e de áudio equilibrado'. Para conversar em ligações e interagir com a assistente são embarcados três microfones em cada um dos fones, desenvolvidos especialmente para filtrar, em meio vozes e outros ruídos, os comandos destinados à Alexa, sem a necessidade de botões.

Basta pedir para conseguir acessar playlists ou artista preferido em serviços como Spotify, ouvir notícias, além de aumentar o som, ou pular faixas.

Além disso, ao se utilizar aplicativos da Amazon, é possível obter recomendações de podcasts no Amazon Music, usar a Alexa para ouvir e-books do Kindle, ou até pedir para que uma música seja reproduzida por um determinado período de tempo. Por exemplo, durante uma caminhada basta dizer: "Alexa, toque música pop por 15 minutos".

É possível ativar rotinas, integrar dispositivos de casa inteligente, criar lembretes, checar calendário, verificar tarefas, adicionar itens à lista de compras ou mesmo conversar com um contato cadastrado na agenda do telefone. Para ativar os Echo Buds, o cliente deverá concluir o cadastro no aplicativo gratuito Alexa usando um smartphone com versões do sistema operacional iguais ou superiores ao Android 6.0 ou iOS 12.

“Os Echo Buds chegam ao Brasil com a intenção de integrar e conectar ainda mais os aparelho que levam a Alexa aos nossos clientes. Trata-se de um aparelho pensando para atender diferentes públicos com recursos capazes de tornar a vida dos usuários mais simples, divertida e inteligente”, diz Jacques Benain, gerente-geral para dispositivos na Amazon Brasil.

(Amazon/Reprodução)

Ajustes personalizáveis

Os Echo Buds contam com classificação IPX4 para suportar respingos de água, suor ou chuva leve e devem permitir que o uso seja confortável mesmo durante longos períodos de uso.

Na caixa, o usuário encontrará quatro tamanhos de ponteiras e dois tamanhos de ganchos, permitindo ajustá-los conforme a necessidade de cada um.

Cancelamento de ruído

A tecnologia de Cancelamento Ativo de Ruídos (ANC) dos Echo Buds, promete ser duas vezes melhores que o da versão anterior, que foi desenvolvida em parceria com a Bose. Na segunda geração, as melhorias estão mais concentradas em frequências de som mais baixas, mostrando mais desempenho em abafar ruídos em voos ou zumbidos incômodos em casa ou no escritório.

Para ativar o cancelamento ativo de ruídos, basta pressionar e segurar o fone de ouvido ou apenas dizer “Alexa, ativar cancelamento de ruído”. Quando desejar ouvir o que está acontecendo ao seu redor, o cliente pode habilitar o modo ambiente, pressionando e segurando o fone de ouvido, ou pedindo: “Alexa, desativar o cancelamento de ruído”. Com o modo ambiente é possível ajustar facilmente a quantidade de som ambiente que se quer ouvir, através das configurações do dispositivo no app Alexa.

Além de se conectar à Alexa usando a internet do celular, o cliente também pode definir os controles de toque integrados para acessar o serviço de voz nativo do seu smartphone, como Siri ou Google Assistente.

"Alexa, encontre meus fones"

Segundo a Amazon, os fones são desenvolvidos com múltiplas camadas de proteção e controles de privacidade, incluindo a capacidade de silenciar os microfones com o aplicativo Alexa, além de ter a possibilidade de visualizar e excluir suas gravações de voz.

Os Echo Buds também trazem o recurso de localização dos fones. Basta perguntar: "Alexa, encontre meus fones" para outro dispositivo com Alexa — ou pressionar um botão nas configurações do aplicativo Alexa no telefone. Você verá a última localização de seus fones e, se seus Echo Buds estiverem por perto, será emitido um sinal sonoro.

Preços e disponibilidade

Os Echo Buds vêm na cor preta e estão disponíveis para pré-venda a partir de hoje. Os Echo Buds custam R$ 899 para a opção de estojo com carregamento apenas com cabo USB-C, ou R$ 999 com estojo que pode ter também carregamento sem fio (carregador sem fio vendido separadamente). Ambas as versões vêm com cabo para carregamento.