A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Alemanha rejeita scanner de corpo inteiro em aeroportos

Após dez meses de testes com os aparelhos, o ministério do Interior do país concluiu que os instrumentos falham com frequência

Berlim - O ministro de Interior alemão, Hans-Peter Friedrich, anunciou nesta quarta-feira a recusa de seu país em usar scanners corporais nos aeroportos para o registro de passageiros como medida de segurança para prevenir eventuais atentados.

Após dez meses de testes com dois aparelhos no aeroporto de Hamburgo, Fredrich afirmou que é muito cedo para usá-los de maneira sistemática, já que esses aparelhos falham com frequência e exigem complicados controles suplementares.

O ministro afirmou que continuará o desenvolvimento e melhoria dos scanners e que, sem informar datas nem prazos, voltarão a ser testados no futuro com o objetivo de serem usados sistematicamente.

O Ministério de Interior informou que em média 800 mil passageiros usaram voluntariamente os dois scanners colocados no aeroporto de Hamburgo e que praticamente na metade dos casos houve um alarme falso.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também