YouTube quer lançar mercado de streaming de vídeo; entenda

Empresas como Amazon, Apple e Roku estão entre as parceiras desse projeto
Youtube: Projeto deverá ser lançado ainda este ano (LightRocket/Getty Images)
Youtube: Projeto deverá ser lançado ainda este ano (LightRocket/Getty Images)
A
Antonio Souza

Publicado em 20/08/2022 às 17:17.

Última atualização em 21/08/2022 às 02:36.

O Youtube está planejando criar um mercado que permitirá aos usuários assinar serviços de streaming de vídeo. A informação foi confirmada pelo jornal The Wall Street.

Segundo o portal, empresas como Amazon, Apple e Roku estão entre as parceiras desse projeto. A ideia da plataforma é permitir que consumidores escolham os serviços de streaming que desejam assinar pelo próprio aplicativo do Youtube.

O projeto, que está sendo discutido desde pelo menos 2020, é referido como uma “loja de canais” e deverá ser lançado ainda este ano. O YouTube, de propriedade da Alphabet, controladora do Google, “renovou as negociações com empresas de entretenimento sobre a participação na plataforma”, escreveu o Jornal.

“O argumento é que a nova loja de canais do YouTube ofereceria um ótimo marketing para serviços de streaming, pois os consumidores poderiam assistir a trailers de programas ou filmes gratuitamente no YouTube e pagar facilmente para assinar o serviço”.

O streaming de vídeo, que transformou a forma como o conteúdo era distribuído, cresceu significativamente durante a pandemia de Covid-19, à medida que as pessoas se voltavam para o entretenimento em seus dispositivos.

O mercado global de streaming de vídeo foi avaliado em mais de US$ 372 bilhões em 2021 e deve crescer para cerca de US$ 473,4 bilhões este ano e atingir quase US$ 1,7 trilhão até 2029 a uma taxa anual composta de 20%, de acordo com o portal Fortune Business Insights.

Veja também: 

Atualize seu iOS: Apple solta atualização de emergência após descobrir falha crítica

Amazon dá 80% de desconto em livros; saiba até quando vai a Book Friday