Pop

Justiça de NY concede liberdade condicional a Jonathan Majors, após condenação por agressão

Ator conhecido por seus trabalhos na Marvel foi acusado por sua namorada em março de 2023

Jonathan Majors na Corte Criminal de Manhattan, em Nova York, nesta segunda (David Dee Delgado/Getty Images)

Jonathan Majors na Corte Criminal de Manhattan, em Nova York, nesta segunda (David Dee Delgado/Getty Images)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 8 de abril de 2024 às 12h05.

Última atualização em 8 de abril de 2024 às 12h12.

A Justiça de Nova York (EUA) concedeu a liberdade condicional ao ator Jonathan Majors, que foi processado sob a acusação de ter agredido sua ex-namorada. Com a decisão, anunciada nesta segunda-feira, ele deixa a prisão.

O caso de violência doméstica e assédio teve grande repercussão e impactou a carreira de Majors, conhecido por "Creed", "Loki" e "Os Vingadores". Ele chegou a ser condenado até um ano de prisão  por um júri de Manhattan em dezembro, segundo o site norte-americano Hollywood Reporter.

O juiz Michael Gaffey também ordenou que Majors completasse um programa de intervenção presencial de 52 semanas para agressores. Ele também deve continuar com sua terapia de saúde mental.

Após o veredito de culpado, Majors foi imediatamente dispensado pela Marvel Studios, que o escalou como Kang, o Conquistador, o principal vilão para a fase 5 do MCU e peça essencial para o desenvolvimento dos novos super-heróis apresentados pela marca.

Jonathan Majors foi introduzido no MCU no filme "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania" e na série "Loki", na qual aparece nos créditos da primeira temporada e é uns dos personagens principais da segunda. O novo filme dos Vingadores, por sorte, ainda está em fase de desenvolvimento de roteiro.

Qual foi o crime cometido por Majors

Jonathan Majors se envolveu em uma briga em março de 2023, na qual a sua então namorada, Grace Jabbari, o acusou de espancá-la dentro de um carro. Segundo a vítima, ele bateu em sua cabeça com a mão aberta, torceu o braço dela atrás das costas e apertou-a pela cintura. Majors também segurou a antiga companheira e fraturou seu dedo.

No entanto, o ator afirmou que a dançarina britânica de 31 anos foi a agressora, após ter demonstrado ciúmes ao ler uma mensagem de texto de outra mulher em seu celular. Ele afirmou que estava apenas tentando recuperar o aparelho e sair do local, para evitar qualquer outro desentendimento com Grace.

Por que Jonathan Majors foi condenado?

Majors foi preso no dia seguinte à agressão contra Grace Jabbari, quando ligou para a emergência após encontrá-la desacordada no chão de seu apartamento. A polícia o deteve assim que detectou que Jabbari tinha sido agredida com uma lesão na cabeça, orelha e um dedo quebrado. A promotoria do estado de Nova York também partiu em defesa da coreógrafa alegando que houve violência psicológica por parte de Majors. O relacionamento deles durou dois anos.

Na Justiça norte-americana, correm mensagens, usadas como provas, de que Majors ameaçava se matar caso Jabbari fosse ao hospital tratar das lesões.

A defesa do ator ainda não se manifestou, mas Majors pode recorrer. A sentença deve ser anunciada em 6 de fevereiro e pode resultar em um ano de detenção.

Acompanhe tudo sobre:MarvelViolência urbanaCrimeHollywood

Mais de Pop

O que é Corpus Christi? Entenda o significado e a origem do feriado

Lançamentos da Netflix em junho de 2024: veja os filmes e as séries

Festa Junina em SP 2024: confira datas e locais das melhores quermesses da cidade

'The Bear': veja o novo trailer da 3ª temporada, que estreia em junho

Mais na Exame