Pop

Isso 'The Crown' não mostra: relembre a tentativa de sequestro da princesa Anne, em 1974

Episódio violento ocorreu após evento no Palácio de Buckingham e sequestrador exigiu 2 milhões de libras pelo resgate

Princesa Anne, filha de Elizabeth II (Fairfax Media Archives /Getty Images)

Princesa Anne, filha de Elizabeth II (Fairfax Media Archives /Getty Images)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 10 de abril de 2024 às 12h55.

Última atualização em 10 de abril de 2024 às 13h13.

A família real britânica é famosa por sua discrição, principalmente com assuntos muito íntimos. No entanto, alguns bastidores (e certas especulações) sobre os acontecimentos da realeza ganharam destaque com a série The Crown, que cobriu diversas fases do reinado de Elizabeth II (1926-2022).

Por outro lado, a produção aparentemente decidiu omitir um episódio violento ocorrido com um membro da monarquia: a tentativa de sequestro sofrida pela Princesa Anne.

Na noite de 20 de março de 1974, por volta das 20h30, a filha de Elizabeth, acompanhada de seu primeiro marido, o capitão Mark Phillips, retornava de um evento no Palácio de Buckingham em uma limusine Rolls-Royce, segundo o jornal La Nacion.

Enquanto se aproximavam a apenas 200 metros da residência real, um Ford Escort interrompeu a passagem da limusine. Do veículo surgiu um homem, identificado como Ian Ball, armado com uma pistola na mão. Ele disparou três tiros contra o guarda-costas da princesa, o detetive Jim Beaton da Scotland Yard, e o motorista da princesa, Alexander Callendar.

Dentro do carro, Anne, então com 23 anos, seu marido, instrutor de tiro na Real Academia de Sandhurst (mas desarmado naquela noite), e a dama de companhia da princesa, Rowena Brassey, se encontravam indefesos.

Ball se aproximou do veículo real, exigindo que Anne fosse com ele e exigiu resgate no valor dois milhões de libras. Apesar das ameaças, a princesa recusou a obedecer ao sequestrador e não saiu do carro.

O tumulto atraiu a atenção dos poucos transeuntes na área. O policial Michael Hills foi o primeiro a agir, tentando dissuadir o sequestrador, mas foi baleado. Um motorista bloqueou a fuga do agressor, enquanto um jornalista, John Brian McConnell, tentou dialogar com Ball, sem sucesso, levando também um tiro.

Em seguida, um ex-boxeador chamado Ronnie Russell se deparou com a situação e confrontou Ball. Com quase dois metros de altura, ele entrou em uma luta corporal com o sequestrador e conseguiu desarmá-lo.

"Dei um soco na nuca dele. Ball se virou e atirou em mim. Por pouco não acertou, o tiro bateu no para-brisa de um táxi. Tentei ajudar o policial ferido e Ball aproveitou esse momento para voltar ao carro onde começou uma luta com a princesa, que não queria sair do veículo e estava agarrada ao capitão Phillips. Ball tinha uma arma apontada para a sua cabeça. Então me aproximei do carro, me coloquei no caminho e disse: “Venha por aqui, Anne, você estará segura”. Tirei ela e a segurei na minha frente. Ball ficou atrás de mim e pensei: “Se ele me atirar pelas costas, não vai doer tanto”. Virei-me e ficamos cara a cara. Sim, ele estava apontando uma arma para mim. Reagi, dei-lhe um golpe direto no queixo. Ele caiu no chão e antes que pudesse se levantar de novo, a polícia estava por toda parte", narrou Russell à imprensa britânica, na época.

Desfecho do caso

Ian Ball, então com 26 anos, foi diagnosticado com esquizofrenia, segundo as autoridades, e admitiu planejar o sequestro por anos. Ele foi julgado sob a lei de saúde mental inglesa e permanece detido no Hospital Broadmoor.

Após a tentativa de sequestro, Anne visitou os feridos no hospital. A rainha Elizabeth II expressou sua gratidão pessoal a Ronnie Russell, concedendo-lhe uma medalha e pagando sua hipoteca como gesto de apreço por sua coragem.

Acompanhe tudo sobre:Família real britânicaSequestrosCrimeReino Unido

Mais de Pop

Relembre o 'Super Size Me', quando Morgan Spurlock comeu apenas McDonald's por 30 dias

Morgan Spurlock, diretor de 'Super Size Me', morre de câncer aos 53 anos

Após venda geral, Rock in Rio 2024 ainda tem ingressos disponíveis para três dias; veja quais

Quando é Dia de São João? Entenda a origem da data

Mais na Exame