EA Sports muda nome do jogo de futebol Fifa após 30 anos

Em nota, a empresa afirma que dará início a uma nova era, como mudanças que vão além do nome
 (EA Sports/Divulgação)
(EA Sports/Divulgação)
Por Da RedaçãoPublicado em 10/05/2022 13:52 | Última atualização em 10/05/2022 13:52Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A gigante de games Electronic Arts anunciou nesta terça-feira, 10, a mudança no nome do jogo de futebol Fifa após quase 30 anos. O tradicional simulador para consoles e computadores, lançado pela primeira vez em 1993, passará a chamar EA SPORTS FC a partir de julho de 2023. 

As conversas para mudança de nome do game já estavam acontecendo a alguns meses. Em nota, a empresa afirma que dará início a uma nova era, como mudanças que vão além do nome, e reforçou que a mudança não impactará seus acordos com atletas, ligas, equipes e federações, como com a Conmebol, Serie A italiana, Bundesliga, Premier League, entre outras. 

A Electronic Arts promete que o próximo e último Fifa será "o melhor de todos os tempos", com mais recursos, modos de jogo, conteúdo da Copa do Mundo, clubes, ligas, competições e jogadores do que qualquer Fifa lançado anteriormente.

Atualmente, a EA paga para a Fifa cerca de 100 milhões dólares (548 milhões de reais, em conversão direta) por ano pelo licenciamento, o que pode explicar a decisão da desenvolvedora. O contrato é valida para mais uma temporada. Além do uso do nome, a gigante de games também pode produzir conteúdo de jogos da Copa do Mundo e ser parceiro da Fifa na organização de campeonatos de eSports, como o FIFAe World Cup.

EA Sports seguiu o mesmo caminho de seu principal concorrente no segmento, o eFootball, antigo PES. Além da alteração do nome, o game da Konami alterou seu modelo de venda, que agora oferta o conteúdo básico do jogo gratuitamente, com o acesso cruzado (crossplay) entre todas as plataformas.

LEIA TAMBÉM: