Dia do indígena: dez palavras originárias de línguas indígenas que fazem parte do nosso dia a dia

De acordo com dados da ONU, há cerca de 370 milhões de indígenas no mundo
Palavras como "Carioca" e "Mingau" são originárias do Tupi (divulgação/Divulgação)
Palavras como "Carioca" e "Mingau" são originárias do Tupi (divulgação/Divulgação)
A
Antonio SouzaPublicado em 09/08/2022 às 00:03.

Nesta terça-feira, 9, é comemorado o Dia Internacional do Indígena, data para lembrar a importância desse povo na cultura mundial. A ideia principal da criação desta data é conscientizar sobre a inclusão desse povo na sociedade, alertando sobre seus direitos que muitas vezes são marginalizados, ou excluídos. 

De acordo com dados da ONU, há cerca de 370 milhões de indígenas no mundo, representando algo em torno de 5% da população mundial. Só no Brasil, existem mais de 897 mil indígenas, repartidos em aproximadamente 305 etnias diferentes, com cerca de 274 idiomas.

Qual a origem do Dia do Indígena?

O Dia Internacional do Indígena é resultado da atuação de diversos representantes dos povos indígenas ao redor do mundo. No dia 9 de Agosto de 1995, a ONU, publicou um decreto estipulando a data para representar os índios em todo o mundo. 

Dez palavras originárias da língua indígena

Catupiry 

O queijo cremoso criado em 1911, é originário da palavra “tupi catupiri”, que quer dizer “excelente”

Guanabara

Veio do tupi goanã-pará, que significa uma espécie de baía ou golfo abrigado.

Carioca

Veio do tupi kari’oka, que significava casa (oka) do homem branco (kari).

“Nhe-nhe-nhem”

Veio do tupi “NHEM”, que quer dizer “Falar”. Os portugueses durante o século XVI, ficavam espantados com o falatório dos índios, portanto popularizaram a expressão “Nhem Nhem Nhem”, que quer dizer, “falar” “falar” “falar”.

Mingau

Veio do tupi minga’u, que quer dizer comida que gruda. 

Paraíba

Do tupi “pa’ra, rio + a'iba, que quer dizer rio não navegável. 

Peteca

Veio do tupi pe’teka, que indica bater com a palma da mão. 

Catapora

Veio do tupi tata’pora, palavra formada de ta’ta, fogo + ‘pora, que brota. Os dicionários registram a forma “tatapora”, porém se popularizou o termo “Catapora” tornando-se palavra oficial nos dicionários.

Pindaíba

Veio do tupi pinda’ïwa, formado de pi’nda, anzol + ‘ïwa, vara. Essa expressão, indicava que o índio possui apenas uma vara pra pescar, mostrando que ele estaria na miséria, daí o termo “estar na pindaíba” = “estar na miséria”.

Tocaia

Veio do tupi to’kaya, que quer dizer “casinha” ou “cercado”, local onde o indígena se escondia para surpreender um inimigo.

Veja também: 

Imperador Pedro I tinha filho bastardo que prosperou no Vale do Silício

Leandro Lo, campeão mundial de jiu-jítsu, morre após ser baleado durante show