Pop

Chuva de meteoros acontece nesta madrugada; veja horário e como assistir

É a primeira vez que a trilha de detritos irá passar pela Terra; a previsão é que entre 9 a 42 mil meteoros passem por hora pelo céu do Brasil

Chuva de meteoros (NASA/Divulgação)

Chuva de meteoros (NASA/Divulgação)

LP

Laura Pancini

Publicado em 30 de maio de 2022 às 14h13.

Última atualização em 30 de maio de 2022 às 18h17.

Uma chuva de meteoros que nunca passou pela Terra antes poderá ser vista de algumas partes do Brasil nesta terça-feira, 31. A expectativa é que o fenômeno Tau Herculidas seja visto mais ao Norte do país, mas ele passará por todas as regiões.

A chuva de meteoros irá acontecer durante a madrugada de segunda, 30, para terça. Como a Terra nunca interagiu com essa trilha de detritos antes, as previsões são bem incertas — a chuva será mais visível entre 00h e 02h30 da manhã no horário de Brasília, mas também é possível que ela já esteja visível a partir da noite de segunda-feira. Saiba mais informações e detalhes sobre a chuva de meteoros:

O que é a chuva de meteoros Tau Herculidas?

A chuva de meteoros de 31 de maio de 2022 é resultado da fragmentação do cometa 73P/Schwassmann-Wachmann 3 (SW3).

Os meteoros são pequenos corpos celestes que se deslocam no espaço e entram na atmosfera da Terra, queimando parcial ou totalmente devido à ablação com a atmosfera terrestre e ao contato com moléculas de oxigênio. Este fenômeno deixa um risco luminoso no céu, que é popularmente chamado de “estrela cadente”.

Fenômeno Eta AquáridasRegistro de chuva de meteoros (Colin Legg/Reprodução)

Já o fenômeno da chuva acontece quando vários meteoros passam pelo céu noturno partindo aparentemente de um mesmo ponto: o radiante.

No período de fins de maio ao início de junho, o planeta Terra estará passando pelo rastro dos detritos que o cometa 73P deixou para trás em suas últimas passagens. Por isso podemos observar o fenômeno daqui.

As informações são do Observatório Nacional.

Onde assistir à chuva de meteoros?

Conforme destacou o astrônomo Marcelo De Cicco ao Observatório Nacional, quem estiver no Hemisfério Norte terá uma visão privilegiada dessa chuva de meteoros. Quanto mais ao Norte do Brasil, maiores as chances.

Segundo a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), a previsão é que os meteoros passem pelo Brasil da seguinte forma, cortando o território em quatro áreas:

  • Primeira faixa (cerca de 57 mil meteoros por hora): Acre, Roraima e oeste e centro do Amazonas;
  • Segunda faixa (cerca de 42 mil meteoros por hora): Rondônia, leste do Amazonas, Amapá, oeste do Mato Grosso e grande parte do Pará;
  • Terceira faixa (cerca de 25 mil meteoros por hora): leste do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, oeste da Bahia, Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo e Paraná;
  • Quarta faixa (cerca de 9 mil meteoros por hora): Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e grande parte de Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Qual o melhor horário para assistir à chuva de meteoros?

De acordo com a Bramon, vale olhar para o céu nos seguintes horários:

  • Às 0h10, no horário de Brasília, a Terra irá passar pela primeira trilha de detritos do cometa, deixados por ele em 1892 e 1941. A expectativa é de 50 meteoros por hora;
  • Às 2h10, a trilha de 1979 e uma nuvem densa lançada pelo cometa em 1995 vão passar pela Terra. A expectativa é de uma taxa de 600 a 700 meteoros por hora, mas, como é a primeira vez que esses detritos vão passar, a Bramon afirma que o horário pode variar e pode acontecer de nada ser visto.

Já a recomendação feita pelo Observatório Nacional é que os habitantes do Hemisfério Sul mais próximos ao equador, como nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, fiquem atentos à direção Noroeste durante a madrugada de terça.

A possibilidade de uma chuva mais intensa nessa região é entre 1h55 e 2h10 da manhã mas, caso a largura da trilha de detritos seja maior do que esperado, é possível que alguns meteoros já sejam vistos a partir da noite de segunda-feira, 30, até às 2h30 de terça-feira.

Como assistir à chuva de meteoros?

Para assistir à chuva de meteoros, o céu precisa estar aberto e livre de nuvens. É recomendado ir para um lugar afastado da cidade e das luzes, já que elas ofuscam as estrelas e prejudicam a visão.

Desta vez, a Lua não afetará a visibilidade da chuva de meteoros. “A Lua estará na fase Nova, portanto, não atrapalhará a visibilidade desses meteoros que serão, em sua maioria, menos brilhantes que o usual por conta de sua baixa velocidade de entrada em nossa atmosfera”, destacou De Cicco ao Observatório.

LEIA TAMBÉM:

Acompanhe tudo sobre:AstronomiaChuva de meteorosChuvasPlaneta Terra

Mais de Pop

Star Wars: uma franquia de filmes que virou marca — e caminha para ser um estilo de vida

Dia do Orgulho Nerd: 10 filmes para comemorar o dia da tolha; veja onde assistir

Dia do Orgulho Nerd: por que o Dia da Tolha é comemorado hoje?

Relembre o 'Super Size Me', quando Morgan Spurlock comeu apenas McDonald's por 30 dias

Mais na Exame