Caso Leandro Bossi: ossada é encontrada 30 anos após o desaparecimento

Leandro Bossi, de 7 anos, sumiu em Guaratuba em 1992, mesma cidade onde sumiu outro garoto, Evandro, de 6 anos; ainda não se sabe se identificação ajudará a elucidar o crime
Leandro Bossi: ossada de criança desaparecida em 1992 foi encontrada, afirma governo do Paraná (Cedoc/RPC/Reprodução)
Leandro Bossi: ossada de criança desaparecida em 1992 foi encontrada, afirma governo do Paraná (Cedoc/RPC/Reprodução)
D
Da redação, com agências

Publicado em 10/06/2022 às 17:35.

Última atualização em 10/06/2022 às 17:39.

O governo do Paraná confirmou nesta sexta-feira, 10, que uma ossada encontrada e analisada corresponde com o material genético de Leandro Bossi. O menino desapareceu 30 anos atrás, em Guaratuba, no litoral do estado.

Foi comprovada 99,9% de compatibilidade da amostra analisada com o material coletado da mãe de Leandro.

A confirmação foi feita pelo secretário de Segurança Pública, Wagner Mesquita, com participação de representantes da Polícia Científica, Polícia Federal e Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride).

Ainda não há informações sobre onde a ossada foi encontrada. Segundo a pasta, o resultado foi concluído com base em oito amostras analisadas, comparadas com base em material genético de três mães.

Sobre a família de Leandro, a chefe do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), delegada Patrícia Nobre, disse que eles foram notificados antes do aviso desta sexta.

"Eles se comportaram de maneira emocionada, como não poderia deixar de ser. Era uma família que esperava uma resposta do estado [...] em um primeiro momento ficaram agradecidos por terem uma resposta mesmo 30 anos depois", disse a delegada.

Qual é o caso Leandro Bossi?

Leandro Bossi desapareceu durante um show, em Guaratuba, no dia 15 de fevereiro de 1992. O inquérito policial nunca foi concluído, e o caso de Bossi não foi tão noticiado na mídia quanto o de Evandro Caetano, de 6 anos de idade, que também desapareceu na cidade, no dia 6 de abril do mesmo ano.

A história de Evandro (e, em algumas partes, de Leandro) ficou mais conhecida nos últimos anos com o podcast Projeto Humanos. O jornalista por trás do programa, Ivan Mizanzuk, foi atrás de informações sobre o desaparecimento do menino de Guaratuba e criou episódios ricos em detalhes (antigos e novos) sobre o caso, rendendo até uma série na Globoplay.

(Com informações de Agência O Globo)

LEIA TAMBÉM: