Tecido ecológico da Ecosimple atrai estilistas

A produção têxtil sustentável da Ecosimple foi parar nos desfiles de Alexandre Herchcovitch na São Paulo Fashion Week

São Paulo - A Ecosimple, empresa que produz tecidos sustentáveis, firmou uma parceria com o estilista  Alexandre Herchcovitch para fornecer material ecologicamente correto.

"Houve uma simbiose: ele procurava um fornecedor de tecidos sustentáveis com produtos compatíveis às suas criações e a Ecosimple buscava um designer renomado", conta Claudio Rocha, diretor comercial da Ecosimple.

A empresa é a fusão de três outras companhias do setor têxtil: uma de fiação, uma de tecelagem e outra comercial. "A Ecosimple foi idealizada para suprir a necessidade do mercado têxtil com uma linha de produtos reciclados", explica.

Além das peças expostas nos desfiles da São Paulo Fashion Week, a empresa firmou uma parceria com Herchcovitch para uma coleção de tecidos desenvolvidos e assinados pelo estilista.

Além disso, fornece matéria-prima para a Gooc, que faz bolsas e acessórios com o tecido 100% sustentável.

Produção ecológica
A indústria têxtil é uma das vilãs do meio ambiente quando se trata de consumo de água e produção de resíduos que prejudicam a natureza. Rocha explica que os tecidos da empresa são ecologicamente corretos pois dispensam o uso de produtos químicos e água.

"Usamos o descarte e as aparas de outras confecções que iriam para o lixo ou aterros. Esse material é recolhido e enviado para uma cooperativa de famílias carentes, que separa por cor e composição têxtil. Na fábrica, as aparas voltam ao seu estado original e são misturadas a fibras de garrafas PET", conta.

"Estamos com diversos projetos em andamento junto a estilistas, decoradores, arquitetos e grandes corporações do setor de vestuário, calçadista, automobilística, moveleiro e decoração, no Brasil e no exterior", conta Rocha. A Sierra Móveis e a The Crafts Shoes Factory são algumas das novas parceiras da marca.

Apesar do conceito e das parcerias firmadas até agora, o executivo afirma que ainda é muito difícil convencer o mercado sobre o custo-beneficio de um produto desses. "Principalmente pelo fato de ser pioneiro e por não existir uma política de impostos adequada a esse segmento", justifica.

Uma das etapas de produção do tecido sustentável

Leia mais: Como ser pequeno e sustentável

Siga as notícias do site EXAME sobre pequenas e médias empresas no Twitter

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também