PME
Acompanhe:

Pinterest recebe US$100 mi em investimentos

Nova rodada de investimentos foi liderada pelo grupo de e-commerce japonês Rakuten

Lançado em março de 2010, o Pinterest já supera a marca de 10 milhões de usuários (Reprodução)

Lançado em março de 2010, o Pinterest já supera a marca de 10 milhões de usuários (Reprodução)

V
Vinicius Aguiari

17 de maio de 2012, 17h13

São Paulo - O Pinterest, rede social para o compartilhamento de imagens, recebeu um novo aporte no valor de 100 milhões de dólares, informou a empresa em comunicado. Com isso, o valor de mercado estimado do serviço saltou para cerca de 1,5 bilhão de dólares, segundo analistas.

A rodada de investimentos foi liderada pelo gigante japonês de e-commerce Rakuten, que transferiu 50 milhões de dólares para a empresa. Fundos como Andreessen Horowitz, Bessemer Venture Partners e FirstMark Capital, que já possuíam participação no Pinterest, completaram os outros 50 milhões de dólares a fim de evitar uma dissolução de suas participações.

Em nota, o Pinterest afirmou que a parceria com o Rakuten irá favorecer a expansão do serviço no Japão e em outros 17 países onde o grupo opera.

"Enquanto alguns enxergam o e-commerce como uma simples máquina de venda automática, nós acreditamos que ele se trata de um processo vivo, onde varejistas e consumidores podem se comunicar, descobrir coisas novas e tornar a experiência mais divertida”, afirmou em nota o CEO da Rakuten, Hiroshi Mikitani.

Lançado em março de 2010, o Pinterest tem crescido exponencialmente globalmente. De acordo com a comScore, a rede social já supera a marca de 10 milhões de usuários.

O site permite organizar e compartilhar imagens e vídeos que o usuário encontra pela web em poucos cliques, além de ser uma vitrine virtual para lojas. Na prática, é como um painel de recados preenchido de coisas belas.