Jogos sociais dão novo fôlego à O2 Games

São Paulo - Fundada em 2005, a O2 Games garantiu este ano uma nova rodada de investimentos da Bossa Nova Anjos, capitaneada por Pierre Schurmann, para financiar sua entrada na área de jogos sociais. A startup tem a ambiciosa meta de conquistar 1 milhão de usuários para o Golaço, seu primeiro título voltado a redes […]
Daniel Coquieri, da O2 games: startup já está na segunda rodada de investimentos (Divugação)
Daniel Coquieri, da O2 games: startup já está na segunda rodada de investimentos (Divugação)
D
Daniela MoreiraPublicado em 12/09/2011 às 06:12.

São Paulo - Fundada em 2005, a O2 Games garantiu este ano uma nova rodada de investimentos da Bossa Nova Anjos, capitaneada por Pierre Schurmann, para financiar sua entrada na área de jogos sociais.

A startup tem a ambiciosa meta de conquistar 1 milhão de usuários para o Golaço, seu primeiro título voltado a redes sociais, até o final deste ano.

A O2 Games foi criada por Daniel Coquieri, que começou sua carreira como desenvolvedor de games nas horas vagas. Seu primeiro hit foi gerenciador de times Gamegol, que garantiu um primeiro aporte de R$ 1,5 milhão para dar impulso ao negócio.

“O Golaço é uma versão mais simples do Gamegol, que pode ser jogada dentro das redes sociais. O jogador cria e gerencia o seu time e disputa com outros jogadores”, explica o empreendedor.

A nova rodada de investimentos, cujo valor não foi divulgado, permitirá à empresa explorar o crescente nicho de jogos sociais não só no Brasil como também em outros países da América Latina.