A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Fintech Rebel recebe aporte de US$ 10 milhões

A rodada foi liderada pelo fundo de capital de risco Monashees e pela fintech Collective, de Nova York

São Paulo — A fintech de crédito Rebel anunciou nesta terça-feira (3) que recebeu um investimentos de 10 milhões de dólares, numa rodada liderada pelo fundo de capital de risco Monashees e pela FinTech Collective, de Nova York.

Segundo a plataforma, os novos recursos serão usados para reforçar o caixa e permitir maiores investimentos em tecnologia. A fintech tem planos de criar novos produtos e melhorar canais de distribuições para aumentar a base de clientes.

Com a nova rodada, os investidores da Rebel incluem Julio Capua, ex-executivo da XP, Bruno Licht, ex-diretor do Banco Garantia, e ex-executivos da Inbev João Guerra e Fued Sadala.

Fundada em 2017, a Rebel oferece crédito sem garantia com valores de 1 mil a 25 mil reais, com prazo de até 24 meses. A companhia afirma oferecer taxas de juros mais baixas do que as praticadas no mercado com uso de tecnologia para fazer avaliações precisas do comportamento financeiro do consumidor.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também