Como fazer um planejamento de marketing para o ano que vem

Especialista afirma que donos de pequenas empresas devem ser cautelosos com lançamentos de novos produtos ou serviços

Como fazer um planejamento de marketing para 2015
Respondido por Silvio Passarelli, especialista em marketing

O ano de 2015 promete ser um ano difícil para a economia brasileira. Os pequenos empresários, por seu lado, não conseguem visualizar com clareza os desdobramentos da crise e, como consequência, as situações de mercado no futuro próximo.

Ninguém duvida que aconteça certo aperto na liquidez da economia. O crédito tenderá a ser mais escasso e mais caro. Nestes momentos, verifica-se um deslocamento da demanda de bens de maior valor unitário para produtos mais baratos, acentuando as assimetrias setoriais.

Os chamados bens de consumo duráveis deverão apresentar uma retração de demanda com consequências imprevisíveis para todo o tecido econômico. E é nesta hora que a elaboração do plano de marketing para 2015 deve se revestir de unidades especiais.

A turbulência da economia dá oportunidade para um planejamento flexível e o plano de marketing deve abrigar verbas de contingências passíveis de serem remanejadas a qualquer tempo para evitar os efeitos da instabilidade.

Os lançamentos de produtos devem ser muito cuidadosos de forma a poder separar o que é estrutural do que é conjuntural.

Outro aspecto que merece destaque é o investimento em comunicação, principalmente as verbas publicitárias. As empresas devem evitar o fechamento de mídia por muitos meses, procurando programá-las mês a mês. Apesar de um pouco mais cara, a mídia “a conta gotas” pode evitar dissabores de grandes proporções.

Como consideração final, fica o alerta: marketing é investimento e não despesa. Em épocas de crise, investir em marketing pode ser uma grande opção.

Silvio Passarelli é diretor da Faculdade de Administração e da Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também