A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Claro cria plataforma para ajudar comerciante local a vender na crise

Operadora vai enviar notificações para clientes com sugestões de pequenos comércios e serviços disponíveis em seus bairros

A operadora de telefonia Claro anunciou nesta quarta-feira 15 uma iniciativa para ajudar pequenas empresas e prestadores de serviço durante a crise causada pelo novo coronavírus. A partir da próxima semana, a companhia vai notificar seus clientes com sugestões de comércios e serviços disponíveis em seus bairros. A campanha, chamada “Push do Bem”, usa geolocalização dos celulares para funcionar. 

Os empresários e prestadores de serviço que quiserem participar devem se cadastrar no site Push do Bem. Com a plataforma, eles poderão enviar notificações com até cinco imagens de seus produtos e serviços para o público da sua região. Ao receber a notificação, o cliente poderá fazer a compra por telefonema ou mensagem de WhatsApp.

“O isolamento social traz um grande desafio para os empreendedores. Muitos estão se adaptando ao mundo de vendas e atendimento remoto, enfrentando diversos desafios na migração”, diz Roberta Godoi, diretora do segmento de Pequenas e Médias Empresas da Claro. 

O serviço será válido para todo o Brasil. Na primeira fase da campanha, as notificações só serão enviadas para os usuários que têm o aplicativo #NET-CLARO-WI-FI instalado no celular. Depois, todos os clientes com algum aplicativo da Minha Claro Móvel serão impactados. 

Durante a pandemia, a companhia lançou também o Hub Claro Empresas, em que centraliza iniciativas lançadas também por outras empresas para estimular a economia durante o período de isolamento social. “Existem diversas fontes de informações para auxiliar os pequenos empreendedores, mas estão dispersas e difíceis de encontrar. Por isso, vamos centralizá-las”, afirma Godoi.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também