6 passos para criar um bom plano de negócios

Construir um bom planejamento direciona e garante o desenvolvimento do seu negócio no longo prazo
Um plano de negócios é um planejamento que visa direcionar as etapas de desenvolvimento de um empreendimento buscando viabilizar os objetivos (Maskot/Getty Images)
Um plano de negócios é um planejamento que visa direcionar as etapas de desenvolvimento de um empreendimento buscando viabilizar os objetivos (Maskot/Getty Images)
Por Tales RamosPublicado em 07/03/2022 10:19 | Última atualização em 25/03/2022 13:05Tempo de Leitura: 5 min de leitura

O sucesso ou fracasso de um empreendimento depende de diversos fatores. Comportamento do mercado, competição, formação do time, liderança e viabilidade financeira são alguns dos inúmeros pontos importantes de se levar em consideração quando avaliar abrir um negócio.

Para que um empreendedor tenha visão completa dos desafios e consiga saber quais passos tomar no seu empreendimento, uma das etapas mais importantes é a elaboração de um plano de negócios. Mas o que seria isso?

Um plano de negócios é um planejamento que visa direcionar as etapas de desenvolvimento de um empreendimento buscando viabilizar os objetivos, identificar riscos e corrigir erros que podem ser cometidos. Ou seja, é um conjunto de análises que buscam garantir a sustentabilidade do negócio. Normalmente um plano de negócios é composto de 6 etapas:

Está abrindo um negócio? Garanta sua conta no BTG Pactual Empresas e inove seu jeito de fazer negócios.

1. Objetivos do negócio

Um bom planejamento sempre começa com o porquê. Por isso, um bom plano de negócios começa com os objetivos. Qual produto ou serviço é ofertado? Qual a visão da empresa? Onde a companhia quer chegar? É muito importante que o empreendedor tenha clareza das principais metas a serem alcançadas no curto, médio e longo prazo, pois são estes objetivos que vão guiar as tomadas de decisões.

2. Análise de mercado

Todo bom empreendedor precisa ter um conhecimento do mercado no qual está inserido. Uma boa análise de mercado pode fazer muita diferença para o sucesso de uma empresa. Para analisar o mercado é preciso avaliar três principais pontos: Os clientes, os concorrentes e os fornecedores.

Estudo dos clientes: É preciso entender qual é o público alvo do serviço ou produto ofertado. O modelo de negócios é B2C (vende para pessoas físicas) ou B2B (vende para pessoas jurídicas)? Qual o setor de atuação do cliente? Qual o poder de compra? É importante estudar o consumidor para entender o perfil de cliente ideal e para que seja possível performar melhor no processo de vendas e captação de novos clientes.

Estudo de concorrentes: É imprescindível saber quais são as principais empresas que concorrem no mesmo ecossistema. Onde os clientes podem consumir este serviço ou produto na mesma região? Ter noção e acompanhar os concorrentes é importante para acompanhar as tendências e conseguir criar novas propostas de valor para os clientes.

Estudo de fornecedores: Saber quem são os diferentes fornecedores da sua região gera a oportunidade de negociar, descobrir aqueles com melhor custo benefício e maximizar o retorno sobre o negócio.

Saia na frente dos seus concorrentes com o BTG Pactual Empresas e aproveite as soluções diferenciadas do mercado.

3. Plano de marketing

Quem não é visto, não é lembrado. Para potencializar as vendas e o alcance do negócio, É preciso estabelecer uma estratégia de marketing efetiva, capaz de atrair e converter novos clientes.
Um bom plano de marketing envolve a definição de um preço que garanta lucro, além de estratégias de promoção através de mídias digitais, e físicas, estrutura de vendas do produto, entre outros diversos aspectos. No fim, se resume a garantir que as pessoas conheçam sua oferta e se interessem em comprar.

4. Plano operacional

Para a empresa performar da melhor maneira, é preciso organizar o time para trabalhar de maneira ágil e entregar resultados com constância. O desenho de processos operacionais de gestão, a alocação do time voltada para a capacidade produtiva e comercial e o entendimento da estrutura organizacional são apenas alguns dos diversos aspectos importantes para uma boa execução organizacional.

5. Plano financeiro

Provavelmente a parte mais importante para qualquer iniciativa comercial é garantir uma boa gestão financeira. Conseguir gerir bem os investimentos que a empresa precisa fazer para crescer, lucrar e remunerar seus associados se mostra um diferencial competitivo grande, dado que 40% de todas as empresas que fecham, têm como principal motivo a falta de planejamento financeiro.

Alguns aspectos que compõe um planejamento financeiro de qualidade são:

  • Mapeamento de investimentos fixos: os custos mensais para manter a empresa ativa;
  • Estimativa de faturamento mensal da empresa: o montante de vendas esperado por mês;
  • Estrutura de custos unitários de venda: quanto se gasta por venda única;
  • Demonstrativos de resultados: documento descrevendo todas as entradas e saídas calculando o retorno sobre investimento e o lucro total.

Foi com o objetivo de facilitar a gestão e ajudar empreendedores a terem maior visibilidade de suas finanças, que o BTG Pactual desenvolveu o BTG Pactual Empresas, uma plataforma totalmente especializada em soluções para pequenas e médias empresas com diversas vantagens. Dentre elas está a conta PJ 100% digital, sem taxa mensal de manutenção e com acesso simples e seguro, pela web ou aplicativo.

Com diversas soluções como conta pix ilimitado 24h gratuito, antecipação online das maquininhas de cartão, atendimento multi-canais, o BTG Empresas é a plataforma mais completa de gestão financeira que seu negócio precisa. Conheça o BTG Pactual Empresas.

6. Avaliações constantes

E, por último, mas definitivamente não menos importante, um plano de negócios precisa ser atualizado com frequência. Com as grandes mudanças do mercado e o crescimento da empresa, o planejamento se torna obsoleto se não for revisitado e atualizado com frequência.

Atinja alta performance de seu negócio com as soluções do BTG Pactual Empresas.