Zuckerberg perde US$ 29 bi em um dia com tombo em ações da Meta

O movimento fez o valor da fortuna de Zuckerberg, fundador e presidente-executivo da Meta, cair para 85 bilhões de dólares
Facebook: A queda no valor da fortuna de Zuckerberg está entre as maiores da história (Leah Millis/Reuters)
Facebook: A queda no valor da fortuna de Zuckerberg está entre as maiores da história (Leah Millis/Reuters)
R
Reuters

Publicado em 04/02/2022 às 11:32.

Última atualização em 04/02/2022 às 11:36.

A fortuna de Mark Zuckerberg encolheu em 29 bilhões de dólares nesta quinta-feira, acompanhando a queda das ações da Meta, um dia depois da divulgação de resultados trimestrais e previsões que decepcionaram o mercado.

A ação da Meta despencavam 26% às 16h33 (horário de Brasília), reduzindo o valor de mercado em mais de 200 bilhões de dólares e cravando a maior baixa no valor de uma empresa em um dia na história dos Estados Unidos. O movimento fez o valor da fortuna de Zuckerberg, fundador e presidente-executivo da Meta, cair para 85 bilhões de dólares, segundo dados da Forbes.

Zuckerberg controla cerca de 12,8% da Meta, controladora do Facebook e do Instagram.

A queda no valor da fortuna de Zuckerberg está entre as maiores da história e ocorre depois que o presidente da Tesla, Elon Musk, viu uma perda em um único dia de 35 bilhões de dólares no valor de suas ações, em novembro.

Pelo menos 21 corretoras cortaram seus preços-alvo para as ações da Meta após a empresa publicar previsões de desempenho mais fracas que o esperado na quarta-feira, citando mudanças promovidas pela Apple dificultaram a vida de empresas que vendem anúncios publicitários. A empresa também citou competição mais intensa por usuários por parte de rivais como TikTok e YouTube.