• AALR3 R$ 19,75 0.00
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,47 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,75 1.44
  • AERI3 R$ 4,44 18.40
  • AESB3 R$ 10,73 0.85
  • AGRO3 R$ 31,86 -0.62
  • ALPA4 R$ 21,68 -0.55
  • ALSO3 R$ 19,94 1.27
  • ALUP11 R$ 26,32 0.27
  • AMAR3 R$ 2,40 7.62
  • AMBP3 R$ 29,41 -1.14
  • AMER3 R$ 23,70 2.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,56 3.35
  • ARZZ3 R$ 82,92 0.52
  • ASAI3 R$ 15,36 -0.78
  • AZUL4 R$ 21,17 2.37
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
  • AALR3 R$ 19,75 0.00
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,47 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,75 1.44
  • AERI3 R$ 4,44 18.40
  • AESB3 R$ 10,73 0.85
  • AGRO3 R$ 31,86 -0.62
  • ALPA4 R$ 21,68 -0.55
  • ALSO3 R$ 19,94 1.27
  • ALUP11 R$ 26,32 0.27
  • AMAR3 R$ 2,40 7.62
  • AMBP3 R$ 29,41 -1.14
  • AMER3 R$ 23,70 2.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,56 3.35
  • ARZZ3 R$ 82,92 0.52
  • ASAI3 R$ 15,36 -0.78
  • AZUL4 R$ 21,17 2.37
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
Abra sua conta no BTG

Turismo em SP cresce 21,8% em maio, mas recuperação ainda é de lenta

O Índice Mensal de Atividade do Turismo da capital paulista, divulgado nesta segunda-feira, 12, atingiu 46,9 pontos em maio, contra 38,9 de abril
 (Getty Images/Jonne Roriz/Bloomberg)
(Getty Images/Jonne Roriz/Bloomberg)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 12/07/2021 19:00 | Última atualização em 13/07/2021 18:58Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O turismo em São Paulo registrou crescimento de 21,8% em maio, a primeira alta de 2021, aponta a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O Índice Mensal de Atividade do Turismo (Imat-SP) da capital paulista, divulgado nesta segunda-feira, 12, atingiu 46,9 pontos em maio, contra 38,9 de abril, número que indica a retomada econômica do setor após quedas contínuas no faturamento, nos empregos e no movimento de passageiros.

A pandemia mexeu com a economia e os negócios no mundo todo. Aprenda a investir com a EXAME Academy

Apesar de os dados inspirarem otimismo, a atividade atual do turismo ainda está 20% abaixo do registrado no fim do ano passado e 53% inferior ao nível pré-pandemia.

A reabertura gradual da economia em São Paulo e a aceleração da campanha de vacinação, mesmo em ritmo menor do que o esperado, contribuíram para o aumento do Imat em maio. Com o cenário mais favorável, consumidores e empresários começam a buscar viagens, locação de espaços para eventos e demais atividades do setor, apontam a FecomercioSP e o Observatório de Turismo e Eventos da São Paulo Turismo (SPTuris), responsáveis pelo índice.

A movimentação de passageiros nos aeroportos foi o indicador que mais cresceu no turismo paulistano, com alta de 42,5% em relação a abril. Logo depois, veio a movimentação nas rodoviárias, com elevação de 35,7%, seguida pela ocupação hoteleira, que subiu de 19% para 32%. Já o faturamento das empresas do turismo cresceu 11,6% no mês. Por outro lado, a geração de empregos no setor permaneceu estável, com variação positiva de 0,2%.

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME