Acompanhe:
seloNegócios

Telefônica estaria perto de vender Atento a Bain Capital

Segundo a agência de notícias Bloomberg, Atento é avaliada em US$ 848 milhões

Modo escuro

Continua após a publicidade
Centro de operações da Atento (Heudes Regis)

Centro de operações da Atento (Heudes Regis)

M
Márcio Juliboni

Publicado em 4 de setembro de 2013 às, 17h18.

São Paulo – A Telefônica estaria perto de fechar a venda da Atento, sua empresa de call center, para a Bain Capital. A informação foi passada por fontes a par do negócio à agência de notícias Bloomberg.

A Atento opera em 17 países, inclusive no Brasil. O negócio teria o objetivo de ajudar a Telefônica a reduzir sua pesada dívida líquida, hoje estimada em 57 bilhões de euros. Para a venda, a Atento é avaliada em 700 milhões de euros, ou cerca de 848 milhões de dólares.

O valor é considerado baixo por parte dos analistas espanhóis. No ano passado, por exemplo, a Telefônica teria avaliado a Atento em 1 bilhão de euros, após desistir de realizar a sua abertura de capital.

Os analistas afirmam que o preço da Atento é pressionado, sobretudo, pela baixa perspectiva de desenvolvimento da empresa e pelos riscos trabalhistas, concentrados no Brasil, onde a empresa possui a maior parcela de seus funcionários.

Os porta-vozes da Bain Capital e da Telefônica preferiram não se pronunciar sobre o eventual acordo. Os recursos da venda da Atento se juntariam aos 1,4 bilhão de dólares levantados pela Telefônica, no mês passado, com a venda de sua fatia na China Unicom, de Hong Kong.

Últimas Notícias

Ver mais
Quem é o mineiro que investiu R$ 38 milhões em um parque de realidade virtual no interior de SP 
seloNegócios

Quem é o mineiro que investiu R$ 38 milhões em um parque de realidade virtual no interior de SP 

Há um dia

Mistura do Brasil com Taiwan: como eles transformaram uma bebida asiática em um negócio de R$ 30 mi
seloNegócios

Mistura do Brasil com Taiwan: como eles transformaram uma bebida asiática em um negócio de R$ 30 mi

Há um dia

Como a Casa do Construtor fatura R$ 834 milhões alugando de furadeiras a betoneiras
seloNegócios

Como a Casa do Construtor fatura R$ 834 milhões alugando de furadeiras a betoneiras

Há um dia

Em negócio de R$ 20 milhões, empresa de SP compra startup para agilizar comércio no exterior
seloNegócios

Em negócio de R$ 20 milhões, empresa de SP compra startup para agilizar comércio no exterior

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais