Acompanhe:

Quanto você teria hoje se tivesse investido no IPO da Amazon?

Companhia estreou na bolsa norte-americana em 1997 como uma empresa que vendia livros; de lá para cá, muita coisa mudou

Modo escuro

Continua após a publicidade
Crescimento contínuo puxa valorização das ações há 24 anos (AFP/Reprodução)

Crescimento contínuo puxa valorização das ações há 24 anos (AFP/Reprodução)

K
Karina Souza

Publicado em 8 de julho de 2021 às, 21h39.

Última atualização em 9 de julho de 2021 às, 08h18.

O sucesso da Amazon entre os investidores é inegável. Com crescimento de receita contínuo desde que se tornou pública, a companhia é cada vez mais valorizada e, hoje, uma ação vale aproximadamente US$ 3.731,41 na bolsa norte-americana. Diante de um sucesso tão grande, fica a curiosidade: quanto quem investiu no IPO e segurou as ações teria, em pleno 2021?

 Quer aprender a investir melhor? Inscreva-se no curso Manual do Investidor da EXAME Academy.

Um estudo da empresa de dados alemã Statista mostra essa conta. De acordo com as informações, quem investiu US$ 1.000 na estreia da empresa (suficiente para comprar 55 ações na época) teria hoje aproximadamente dois milhões de dólares como resultado da valorização nos últimos 24 anos.

De lá para cá, muita coisa aconteceu, é fato. Entre os fatos memoráveis citados por EXAME anteriormente, destacam-se: o crescimento contínuo da empresa, que nasceu com faturamento alto e lucro marginal. A Amazon se tornou um conglomerado internacional, com negócios em lojas de conveniência, serviços de assinatura, cinema e computação em nuvem. Recentemente, comprou os estúdios MGM e anunciou ter 1,3 milhão de funcionários. 

Além disso, de acordo com a consultoria alemã, três momentos foram decisivos para essa valorização no sentido de desdobramentos de ações, fazendo com que uma ação comprada em 1997 se transformasse em doze no fim de 1999.

No Brasil, desde o ano passado, é possível comprar BDRs da companhia. Por apenas R$ 125,16 é possível adquirir um certificado de depósito de valor mobiliário atrelado à empresa. A compra acontece de maneira semelhante a ativos e derivativos da B3. Basta identificá-lo pelo ticker correspondente e emitir uma ordem de compra pela plataforma de investimentos. 

Nesta segunda-feira, Jeff Bezos, fundador da Amazon e responsável por grande parte do sucesso da companhia, deixou o comando da empresa. Apesar dos excelentes resultados da companhia em todos esses anos, resta saber como a gigante vai se sair diante de novos desafios, como os desafios regulatórios e a necessidade de diminuir a emissão de poluentes.

Como o novo CEO vai conduzir a empresa e o que a Amazon reserva para os próximos anos ainda permanecem um mistério. Por enquanto, é inegável que a trajetória da companhia trouxe um tremendo sucesso para seu fundador -- e para quem apostou nessa ideia desde o início.

  • Está na hora de sair do emprego ou vale a pena continuar? Invista na sua carreira. Assine a EXAME.

Últimas Notícias

Ver mais
App Day: por que a Amazon vai dar descontos de até 50% só para quem comprar por celular
seloNegócios

App Day: por que a Amazon vai dar descontos de até 50% só para quem comprar por celular

Há 3 dias

É 'mito' que tecnologias 'roubam' empregos, diz executivo da Amazon
Tecnologia

É 'mito' que tecnologias 'roubam' empregos, diz executivo da Amazon

Há uma semana

Hurst faz 1ª oferta pública de royalties de musicais internacionais no Brasil
seloOnde Investir

Hurst faz 1ª oferta pública de royalties de musicais internacionais no Brasil

Há uma semana

As melhores ações para investir em abril; ITUB4 e CYRE3 estão na lista
seloOnde Investir

As melhores ações para investir em abril; ITUB4 e CYRE3 estão na lista

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais