Negócios

Dia do Consumidor 2023: quando começa a semana e como aproveitar as promoções

A data faz referência ao Dia do Consumidor, comemorado em 15 março. A história começa há mais de seis décadas e tem origem nos Estados Unidos

 (RicardoImagen/Getty Images)

(RicardoImagen/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 10 de março de 2023 às 12h20.

Última atualização em 14 de março de 2023 às 17h42.

A Semana do Consumidor tem conquistado cada vez mais relevância entre as datas comerciais brasileiras. O varejo tem aproveitado para oferecer descontos e ampliar as vendas no primeiro semestre, um período sem grandes apostas comerciais.

De acordo com levantamento da SmartHint, software de busca para e-commerce do grupo Magazine Luiza, as vendas online no ano passado, especificamente no dia 15, cresceram 40% em relação a 2022. O desembolso médio foi de R$282,78. Entre as categorias de destaque, moda e acessórios, artigos para casa, jardim e decoração, eletrodomésticos.

Para este ano, a expectativa é de que a data atraia ainda mais a atenção dos consumidores. Uma pesquisa do Google entre os dias 26 de fevereiro a 4 de março mostrou que as buscas por “Dia do Consumidor” e “Semana do Consumidor” estavam duas maiores do que no mesmo intervalo de tempo no ano passado.

No período, as categorias que registraram as maiores altas foram suplementos (+44%), papelaria (+21%), livros (+19%), limpeza (+18%) e câmeras e filmadoras (+18%). 

Quando é a Semana do Consumidor

A edição deste ano começa nesta segunda-feira, 13, e segue até a sexta, 17. Algumas marcas como a Via, dona da Casas Bahia e Ponto, optaram por antecipar e oferecem descontos desde o dia 8 de março. Confira também promoção de celular.

Qual é a origem do Dia do Consumidor

A data faz referência ao Dia do Consumidor, comemorado em 15 março. A história começa há mais de seis décadas e tem origem nos Estados Unidos.

Em 15 de março de 1962, o presidente americano John Kennedy fez um discurso em falou sobre os ganhos e contribuições que uma relação justa entre empresas e consumidores podem oferecer.

O pronunciamento reverberou ao longo do tempo e, 21 anos depois, em 1983, a data passou a ser comemorada mundialmente como o dia do consumidor.

Como a semana do consumidor ganhou relevância no Brasil

No Brasil, a discussão sobre direitos do consumidor ganhou relevância a partir dos anos 90, com a entrada em vigor do Código de Defesa do Consumidor, de 1990. O documento estabeleceu regras e orientações que os consumidores deveriam adotar caso se sentissem lesados ao realizar uma compra.

A partir desta lei, os estados e municípios tiveram amparo legal para criar órgãos dedicados às reclamações de consumidores, os Procons.

Nos últimos anos, a data começou a receber um novo apelo no país, com marcas ampliando os esforços para torná-la cada vez mais importante no calendário de ações promocionais. Uma forma de parabenizar os clientes e, ao ao mesmo tempo, fortalecer os negócios.

Acompanhe tudo sobre:Dia do ConsumidorVarejobens-de-consumo

Mais de Negócios

Com doações da Gerdau e da Vale, novo fundo mira R$ 100 milhões para ajudar a reconstruir o RS

“Sem dados não é possível fazer a comparação da energia que merecemos”, diz especialista da Globant

O plano de R$ 250 milhões da dona dos sorvetes Nestlé para ganhar a liderança do mercado no Brasil

5 tipos de embalagens de alimentos para priorizar nas compras do supermercado

Mais na Exame