Operadoras de TV a cabo se aliam ao Netflix diante de mudanças

Alianças estão ajudando a pioneira em serviços de transmissão a ampliar a quantidade de clientes

Um número cada vez maior de operadoras de TV a cabo dos EUA está fazendo alianças com a Netflix, uma mudança que está ajudando a pioneira em serviços de transmissão a ampliar a quantidade de clientes.

A Charter Communications, terceira maior do país, deverá disponibilizar a Netflix através de decodificadores da TV, juntando-se a mais de uma dúzia de operadoras de televisão por assinatura dos EUA que adotaram modelo lançado pela primeira vez na Europa. Alguns provedores dos EUA podem começar a vender o serviço de transmissão como parte de seus pacotes de internet e de vídeo.

A Altice está tentando essa abordagem na França e a empresa pretende ampliar o acordo para os Estados Unidos, disseram duas fontes com conhecimento do assunto nas últimas três semanas, pedindo anonimato porque as discussões são privadas.

"Nosso modelo se baseia em cooperação com muitos dos provedores (de serviços de transmissão)", afirmou o presidente-executivo da Altice EUA, Dexter Goei, a repórteres em maio.

A Netflix também sinalizou que quer fazer acordos em outros lugares, embora o momento em que ocorrerá qualquer novo negócio seja incerto.

"Estamos agora analisando propostas para incluir a Netflix em alguns serviços e começar a aprender sobre a parte integrante do negócio", disse o presidente-executivo da Netflix, Reed Hastings, durante um webcast após divulgação de resultados em julho. "Estamos interessados em expandir isso".

Acordos adicionais podem ajudar a Netflix a conquistar novos usuários nos Estados Unidos, um mercado que analistas estão considerando quase saturado, enquanto o crescimento em mercados estrangeiros aumenta. O número de assinantes é a métrica mais importante para os investidores da Netflix, e o crescimento vertiginoso tornou a empresa uma favorita de Wall Street.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também