Negócios

Morre Moise Safra, um dos fundadores do Banco Safra

Banqueiro sofria de Mal de Parkinson e estava internado no Hospital Albert Einstein


	Moise e Joseph Safra: Moise faleceu aos 79 anos em São Paulo
 (Epitácio Pessoa, Agência Estado)

Moise e Joseph Safra: Moise faleceu aos 79 anos em São Paulo (Epitácio Pessoa, Agência Estado)

Guilherme Dearo

Guilherme Dearo

Publicado em 15 de junho de 2014 às 16h04.

São Paulo - O banqueiro e empresário libanês Moise Yacoub Safra morreu na manhã deste domingo (15), no Hospital Albert Einstein, aos 79 anos.

Ele sofria de Mal de Parkinson. Era um dos homens mais ricos do Brasil e do mundo, com uma fortuna de cerca de 2,2 bilhões de dólares.

O enterro acontece hoje, no Cemitério Israelita do Butantã.

Ele deixa a mulher, Chella Cohen Safra, e cinco filhos.

Moise Safra

Safra nasceu em 1935 e fundou, ao lado dos irmãos Edmond e Joseph, o Banco Safra.

Benevolente, ajudou, por exemplo, a construir o auditório do Hospital Albert Einstein.

Em 2013, ele voltou aos noticiários ao comprar, junto com o empresário chinês Zhang Xin, 40% do prédio da GM em Manhattan, nos Estados Unidos.

É um dos edifícios corporativos mais caros dos EUA.

Acompanhe tudo sobre:BanqueirosBilionáriosBilionários brasileirosEmpresáriosJoseph Safra

Mais de Negócios

Após balanço, fortuna de Jensen Huang, CEO da Nvidia, avança R$ 39,4 bilhões em 1 dia

Esses 4 colegas da faculdade receberam R$ 10 milhões por tecnologia contra dorminhocos no trânsito

Sobra resiliência, falta comunicação: o potencial latino de atrair investimentos é debate na China

Uber vai lançar categoria exclusiva de carros híbridos e elétricos no Brasil

Mais na Exame