Negócios

Lucro da American Express é atingido por dólar forte

A empresa de cartões de crédito divulgou queda de 5% no lucro trimestral, uma vez que o dólar forte reduziu a receita nos mercados fora dos EUA


	Cartões da American Express: lucro líquido atribuível aos acionistas caiu para 1,44 bilhão de dólares
 (Scott Eells/Bloomberg)

Cartões da American Express: lucro líquido atribuível aos acionistas caiu para 1,44 bilhão de dólares (Scott Eells/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de julho de 2015 às 20h51.

A empresa de cartões de crédito American Express divulgou uma queda de 5 por cento no lucro trimestral, uma vez que o dólar forte reduziu a receita nos mercados fora dos Estados Unidos.

O lucro líquido atribuível aos acionistas caiu para 1,44 bilhão de dólares, ou 1,42 dólar por ação, no segundo trimestre encerrado em 30 de junho, ante de 1,52 bilhão de dólares, ou 1,43 dólar por ação, um ano antes.

No entanto, a queda foi menor do que a prevista por analistas, de 1,32 dólares por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita total, líquida de despesas de juros, caiu 4 por cento, para 8,28 bilhões de dólares, arrastada por um declínio de 9,6 por cento na receita dos serviços de cartões fora dos EUA, parcela de mercado que corresponde a um sexto do total da receita dos serviços de cartões. 

Acompanhe tudo sobre:American ExpressCâmbioCartões de créditoDólarEmpresasEmpresas americanasMoedassetor-de-cartoes

Mais de Negócios

Como um adolescente de 17 anos transformou um empréstimo de US$ 1 mil em uma franquia bilionária

Um acordo de R$ 110 milhões em Bauru: sócios da Ikatec compram participação em empresa de tecnologia

Por que uma rede de ursinho de pelúcia decidiu investir R$ 100 milhões num hotel temático em Gramado

Di Santinni compra marca gaúcha de calçados por R$ 36 milhões

Mais na Exame