Acompanhe:
seloNegócios

Franquias do McDonald’s se rebelam contra taxas da empresa

Os lojistas dizem que a matriz, procurando melhorar seus resultados financeiros, está cobrando cada vez mais para operar os restaurantes

Modo escuro

Continua após a publicidade

	McDonald's: os custos crescentes estão fazendo com que as franquias, que operam quase 90% das lojas da cadeia nos EUA, estejam menos propensas a abrir novos restaurantes
 (David Paul Morris/Bloomberg)

McDonald's: os custos crescentes estão fazendo com que as franquias, que operam quase 90% das lojas da cadeia nos EUA, estejam menos propensas a abrir novos restaurantes (David Paul Morris/Bloomberg)

L
Leslie Patton

Publicado em 7 de agosto de 2013 às, 11h35.

Chicago – A McDonald’s Corp., que já tem dificuldades para vender hambúrgueres nos EUA, agora deve enfrentar uma revolta dos franqueados.

Os lojistas dizem que a empresa, procurando melhorar seus resultados financeiros, está cobrando cada vez mais para operar os restaurantes - incluindo aluguel, remodelação e taxas de treinamento e software.

Os custos crescentes estão fazendo com que as franquias, que operam quase 90 por cento das mais de 14.100 lojas da cadeia nos EUA, estejam menos propensas a abrir novos restaurantes e a renová-los, reduzindo potencialmente as vendas.

Em resposta à pergunta de se o McDonald’s está repassando custos aos franqueados, Heather Oldani, porta-voz da empresa, disse em um e-mail: "Estamos trabalhando continuamente em conjunto com os proprietários/operadores do McDonald’s e com os nossos fornecedores para garantir que nossos restaurantes ofereçam uma grande experiência aos nossos clientes, o que envolve investimentos em treinamento e tecnologia".

As tensões atuais entre o McDonald’s com sede em Oak Brook, Illinois, e os lojistas coincidem com os esforços da empresa para crescer após a confiança do consumidor ter caído em julho, depois de ter aumentado ao longo dos últimos três meses, e com a taxa de desemprego estagnada em 7,4 por cento ou mais.

Alguns franqueados estão pagando um aluguel equivalente a quase 12 por cento das vendas da loja, de acordo com o relatório de uma reunião de 23 de abril com a presença de lojistas. Eles querem que a empresa volte a cobrar a taxa histórica de cerca de 8,5 por cento, mostra o documento.


Mercados locais

"Em todo o país, o aluguel que os lojistas pagam pelos restaurantes McDonald’s é determinado pelos custos locais do mercado imobiliário, bem como pelo custo de fazer negócios em um mercado particular", disse Ofelia Casillas, porta-voz do McDonald’s, em um comunicado por e-mail. "O valor do aluguel varia historicamente em função dessas e de outras variáveis ​​de negócios".

"O aluguel é a despesa fixa mais forte", disse John Gordon, diretor do Pacific Group Management Consulting, em San Diego, e consultor de restaurantes franqueados. "Você paga antes de remodelar, você paga antes de ter seu próprio salário".

Perdendo clientes

Como resultado, algumas lojas deterioradas não estão sendo reformadas, o que por sua vez afasta os clientes, disse ele. "As pessoas não querem estar em um espaço antigo, mesmo que estejam passando pelo drive-thru", disse Gordon. "Você terá melhores funcionários, terá uma melhor vibração se a loja for mais nova".

Oldani, porta-voz do McDonald’s, afirmou que a reforma de um restaurante McDonald’s custa cerca de US$ 600 mil, e US$ 1 milhão para construir uma nova loja.

O McDonald’s recentemente disse à franqueada Slater-Carter que ela devia pagar US$ 80 por ano para mudar para o sistema de e-mail da empresa e ela está agora pagando um extra anual de US$ 10.400 por loja pelo novo software, por custos de treinamento de funcionários e pelo Wi-Fi.

"O que eu vejo que está acontecendo de errado é que a própria corporação está esquecendo que sua solidez fiscal depende da força fiscal e da criatividade dos lojistas, mas agora tudo depende desse controle centralizado", disse Slater-Carter, cuja família é proprietária de franquias McDonald’s desde 1971.

Últimas Notícias

Ver mais
Além do macarrão: Spoleto aposta em franquia de pizza e cliente vai "criar seu prato"
seloNegócios

Além do macarrão: Spoleto aposta em franquia de pizza e cliente vai "criar seu prato"

Há 13 horas

Ricardo Bellino leva líderes empresariais ao mosteiro Zen para aprender nova abordagem de liderança
seloNegócios

Ricardo Bellino leva líderes empresariais ao mosteiro Zen para aprender nova abordagem de liderança

Há 16 horas

Faturamento das pequenas e médias empresas cresce 13,9% em janeiro
seloNegócios

Faturamento das pequenas e médias empresas cresce 13,9% em janeiro

Há 16 horas

Como abrir um negócio usando a inteligência artificial e ter mais chance de ser bem sucedido
seloNegócios

Como abrir um negócio usando a inteligência artificial e ter mais chance de ser bem sucedido

Há 17 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais