Negócios

Ermírio era um dos grandes brasileiros, diz Alckmin

"Foi uma grande perda. Ele era um dos grandes brasileiros, apaixonado pelo Brasil, inconformado com o potencial do Brasil", disse Alckmin


	Antônio Ermírio de Moraes: governador disse que pôde testemunhar "seu grande espírito público, sua honradez, sua capacidade de trabalho"
 (Arquivo/ Exame)

Antônio Ermírio de Moraes: governador disse que pôde testemunhar "seu grande espírito público, sua honradez, sua capacidade de trabalho" (Arquivo/ Exame)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de agosto de 2014 às 14h16.

São Paulo - O governador de São Paulo e candidato à reeleição pelo PSDB, Geraldo Alckmin, esteve nesta segunda-feira, 25, no velório de Antônio Ermírio de Moraes, e lamentou a morte do empresário.

"Foi uma grande perda. Ele era um dos grandes brasileiros, apaixonado pelo Brasil, inconformado com o potencial do Brasil", disse Alckmin, ao deixar o local.

O governador ressaltou o seu espírito empreendedor, apontando que Ermírio levou seu grupo empresarial, o Votorantim, para o mundo todo. Alckmin também falou da ajuda do empresário na área social e sua presença no hospital Beneficência Portuguesa.

"Ele dedicou sua vida a este hospital. Também se dedicou à cultura e à vida pública, colocando seu nome à disposição para servir ao Estado de São Paulo", afirmou.

Em nota divulgada mais cedo, o governador destacou que o empresário "encarnava o que há de melhor no povo brasileiro". "Apaixonado pelo país, era um homem empreendedor e de coração generoso. Um verdadeiro orgulho para São Paulo e para o Brasil", destacou Alckmin.

O governador lembrou ainda as inúmeras vezes que esteve com Antonio Ermírio e disse que pode testemunhar "seu grande espírito público, sua honradez, sua capacidade de trabalho".

"A trajetória de Antônio Ermírio é um exemplo para todos nós. Nossos sentimentos à família, aos amigos e a todos que o admiravam", escreveu.

Setubal

O banqueiro Roberto Setubal também lamentou a morte do empresário. Setúbal disse que Antônio Ermírio foi um exemplo para os empresários brasileiros.

"Um homem que sempre lutou muito pelo Brasil, que investiu no Brasil, e sempre foi um exemplo muito grande para os empresários brasileiros", afirmou.

Setubal disse ainda que Antônio Ermírio fará falta e destacou o colega pela sua ética e espírito de liderança. "Ele foi um exemplo de empresário para todos nós, com sua ética incomparável", disse. "Foi um grande líder que, sem dúvida, vai deixar saudade", afirmou o presidente do Itaú.

Antônio Ermírio, que tinha 86 anos, faleceu na noite deste domingo, 14, em casa, de insuficiência cardíaca.

Acompanhe tudo sobre:Antônio Ermírio de MoraesBilionários brasileirosEmpresáriosEmpresasEmpresas brasileirasGeraldo AlckminGovernadoresMortesPersonalidadesPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosVotorantim

Mais de Negócios

Temu: quem é a rival da Amazon nos EUA que acaba de ser autorizada a atuar no Brasil

JBS anuncia doação de 1 milhão de quilos de proteína aos desabrigados no Rio Grande do Sul

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Com tecnologia para tirar o Excel da vida de CFOs, Accountfy capta US$ 6,5 mi com HDI e Red Ventures

Mais na Exame