Eike sobe uma posição na lista de bilionários da Forbes

Segundo a Forbes, fortuna do brasileiro o fez subir da 8ª para a 7ª posição no ranking

São Paulo – O empresário Eike Batista subiu uma posição na lista dos homens mais ricos do mundo da Forbes. Na relação divulgada hoje, o homem mais rico do Brasil surge em 7ª lugar, uma acima da 8ª posição que ocupou no ranking anterior. Sua fortuna é avaliada pela Forbes, assim como no ano passado, em 30 bilhões de dólares.

Fundador do Grupo EBX, Eike é dono de empresas como a petrolífera OGX, a mineradora MMX e a OSX, responsável pelos navios da OGX. Seus negócios, porém, vão muito além da indústria pesada, estendendo-se de um restaurante chinês ao tradicional Hotel Glória, ambos no Rio de Janeiro. Recentemente, Eike manifestou o interesse de assumir a gestão do Maracanã.

As empresas de Eike não tiveram um bom ano na Bolsa de Valores. Ainda em fase pré-operacional, a OGX viu suas ações ordinárias recuarem cerca de 15% nos últimos 12 meses encerrados nesta terça-feira. Seu valor de mercado, hoje, é de 55,84 bilhões de reais. Já a OSX, que depende bastante da petrolífera, caiu cerca de 20% na bolsa no mesmo período, sendo avaliada em cerca de 4,5 bilhões de reais.
Mesmo a sua mineradora, a MMX, uma das poucas empresas do grupo a já gerar caixa, viu seu valor cair cerca de 5% nos últimos 12 meses, para cerca de 5,9 bilhões de reais.

Com seu desempenho no ranking deste ano, Eilke ficou mais perto de seu sonho de se tornar o homem mais rico do mundo. Isto porque o mexicano Carlos Slim, atual detentor desta honraria, ainda lidera a lista com uma fortuna de 69 bilhões de dólares.

Veja também a lista das 10 pessoas mais ricas do mundo, segundo a Forbes e os 10 bilionários que lideram o ranking entre os brasileiros.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.