Negócios

Ecorodovias tem interesse em Galeão e Confins, diz executivo

"A gente está se preparando para isso", disse o vice-presidente executivo da companhia


	Aeroporto Galeão: o terminal aéreo será leiloado em setembro
 (Divulgação)

Aeroporto Galeão: o terminal aéreo será leiloado em setembro (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de setembro de 2013 às 14h27.

Brasília - A Ecorodovias tem interesse nas concessões dos aeroportos de Galeão e Confins, que devem ir a leilão em setembro deste ano, disse à Reuters o vice-presidente executivo da empresa, Federico Botto.

"A gente está se preparando para isso", disse o executivo, lembrando que a empresa tem uma parceria com a alemã Fraport AG. Juntas, as duas empresas ficaram em segundo lugar na disputa pelo aeroporto de Guarulhos (SP), no leilão realizado no ano passado.

Nesta sexta-feira, faz exatamente um ano que a Ecorodovias venceu o leilão pela concessão da BR-101 no Espírito Santo. Até agora, porém, a empresa não conseguiu assumir a rodovia, já que a assinatura do contrato está suspensa por decisão judicial.

"É um triste aniversário", disse Botto. Para o executivo, a situação da BR-101 é um "sinal amarelo" para os investidores, em um momento e que o governo tenta deslanchar um programa de concessão de 7,5 mil quilômetros de rodovias.

"É uma luz amarela para o setor e para o governo. Tem de tomar cuidado. É uma coisa muito grave. Não é possível fazer uma licitação e depois de um ano não assinar o contrato", disse.

Na semana passada, a empresa prorrogou o seguro para garantir o contrato, enquanto a questão judicial não se resolve. .

Acompanhe tudo sobre:Aeroporto de ConfinsAeroportosAeroportos do BrasilConcessõesEcoRodoviasEmpresasEmpresas abertasGaleãoPrivatizaçãoSetor de transporteTransportes

Mais de Negócios

O plano de R$ 250 milhões da dona dos sorvetes Nestlé para ganhar a liderança do mercado no Brasil

5 tipos de embalagens de alimentos para priorizar nas compras do supermercado

Aquisições a caminho: Celcoin capta R$ 650 milhões para buscar oportunidades de M&As

Cimed avança na compra da Jequiti — e quer 100% da empresa de cosméticos

Mais na Exame