Negócios

CEO da Nissan recebeu US$9,8 mi no ano fiscal 2013/14

O valor representa um aumento de 0,7% ante o ano anterior


	Carlos Ghosn: ele é também CEO da Renault
 (Jiji Press/AFP/AFP)

Carlos Ghosn: ele é também CEO da Renault (Jiji Press/AFP/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 24 de junho de 2014 às 07h49.

Yokohama - O presidente-executivo da Nissan Motor, Carlos Ghosn, um dos executivos mais bem remunerados no Japão, disse ter recebido 995 milhões de ienes (9,8 milhões de dólares) no ano fiscal encerrado em março, um aumento de 0,7 por cento ante o ano anterior.

Depois de prever uma margem de lucro operacional de 5 por cento para este ano fiscal, a mais baixa entre a de rivais japonesas incluindo a Toyota Motor e a Honda Motor, Ghosn afirmou em maio que a Nissan vai priorizar aumentar as margens de lucro sobre a participação de mercado.

Ghosn, que tem liderado a Nissan desde 2001, é também CEO da Renault, parceira de aliança da Nissan. 

Acompanhe tudo sobre:AutoindústriaEmpresasEmpresas japonesasIndústriaMontadorasNissanSalários de executivos

Mais de Negócios

10 franquias baratas de limpeza para empreender a partir de R$ 27 mil

A malharia gaúcha que está produzindo 1.000 cobertores por semana — todos para doar

Com novas taxas nos EUA e na mira da União Europeia, montadoras chinesas apostam no Brasil

De funcionária fabril, ela construiu um império de US$ 7,1 bilhões com telas de celular para a Apple

Mais na Exame