Negócios
Acompanhe:

Brasil está entre os países que lideram o ranking de viagens sustentáveis

Estudo da Booking.com revela que 93% dos viajantes brasileiros pretendem se hospedar em uma propriedade sustentável no próximo ano

Viajar com menos impactos no clima e nos destinos se tornou uma preocupação do turista brasileiro (Thomas Jackson/Getty Images)

Viajar com menos impactos no clima e nos destinos se tornou uma preocupação do turista brasileiro (Thomas Jackson/Getty Images)

D
Da Redação

Publicado em 13 de dezembro de 2022, 07h30.

De acordo com o Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC), as viagens e turismo são responsáveis por 10% da atividade econômica mundial, e prevê-se que o turismo internacional cresça cerca de 1,8 milhão até 2030.

No entanto, a entidade alerta que os impactos das viagens e do turismo no meio ambiente e nas comunidades anfitriãs podem ser positivos e negativos, criando tanto oportunidades quanto responsabilidades.

O setor turístico e hoteleiro já vem se movimentando para frear os resultados negativos, como a poluição, destruição de habitats naturais, superlotação e pressão na infraestrutura local, e o Brasil se destaca nesse cenário. 

Quem lidera o ranking de países mais sustentáveis para viajar?

Segundo a 7ª edição do Relatório de Viagens Sustentáveis* lançado recentemente pela Booking.com, que entrevistou mais de 30 mil viajantes de 32 países, o Brasil é o terceiro país onde mais se considera as viagens sustentáveis importantes (96%), atrás apenas do Quênia e do Vietnã, e empatado com a Colômbia. 

E não só isso: 93% dos viajantes brasileiros pretendem se hospedar em uma propriedade sustentável pelo menos uma vez no próximo ano, o que significa 15 pontos percentuais acima da média global.

“Os dados são muito positivos e otimistas para o futuro quando comparados ao cenário mundial. Se pensarmos em dados globais, 71% dos viajantes disseram que querem viajar de forma mais sustentável nos próximos 12 meses. No Brasil, esse número sobe para 90%, com um aumento de 12 pontos percentuais em relação a 2021”, conta Luiz Cegato, Gerente de Comunicação da Booking.com para a América Latina.

Junto com a conscientização, cresce também a demanda por serviços. Há um ano a Booking.com criou o Programa Viagens Sustentáveis e o selo Viagem Sustentável, que reconhece propriedades que seguem práticas sustentáveis, desde o uso eficiente de água e energia até a não utilização de plásticos descartáveis ​​e investimentos em projetos comunitários. 

Segundo Cegato, o Brasil tem o 6° maior número de acomodações reconhecidas por este selo por suas práticas sustentáveis. “Esperamos continuar crescendo e nos mantendo no ranking de países que lideram globalmente nos próximos anos”.

Quais são os 10 países com o selo “Viagem Sustentável” na Booking.com?

Os países que lideram globalmente em termos de maior número de acomodações com um selo 'Viagem Sustentável' na Booking.com são: 

  1. Itália (46.365), 
  2. França (27.677), 
  3. Alemanha (24.038), 
  4. Espanha (23.650), 
  5. Estados Unidos (19.396), 
  6. Brasil (19.160), 
  7. Índia (15.743), 
  8. Reino Unido (15.366), 
  9. Grécia (12.442) 
  10. Polônia (10.745).

*Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada de maneira independente com 30.314 entrevistados em 32 países e territórios. Para participar dessa pesquisa, as pessoas deveriam ter mais de 18 anos, terem viajado pelo menos uma vez nos últimos 12 meses e estarem planejando uma viagem em 2022. Além disso, deveriam ser responsáveis pela decisão ou estarem envolvidas no processo de tomada de decisão da viagem. A pesquisa foi feita on-line e ocorreu em fevereiro de 2022.