De olho em turismo do futuro, BeFly anuncia compra do Instaviagem, agência online de viagens

Holding de turismo com mais de 25 empresas e R$ 6 bilhões de faturamento concluiu sua sexta aquisição nesta segunda-feira
Turismo: BeFly anuncia aquisição da Instaviagem, agência 100% digital (skodonnell/Getty Images)
Turismo: BeFly anuncia aquisição da Instaviagem, agência 100% digital (skodonnell/Getty Images)
Por Maria Clara DiasPublicado em 20/06/2022 15:32 | Última atualização em 20/06/2022 15:32Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A holding de turismo BeFly vem mantendo em alta o apetite por aquisições. Foram seis empresas compradas nos últimos dois anos, numa tentativa de engordar o portfólio de soluções de viagem à disposição dos mais de 9.000 clientes. Nesta segunda-feira, a empresa que surgiu da união da Belvitur e Flytour, duas gigantes do turismo e viagens corporativas, anunciou a aquisição de sua sétima startup: o Instaviagem, agência de viagens online.

Lançada em 2017, o Instaviagem procura oferecer uma experiência 100% online para turistas interessados em planejar suas viagens com antecedência. Por meio de uma plataforma, viajantes podem ter acesso a serviços de personalização, atendimento de consultores e planejamento financeiro para viagens que ainda irão acontecer.

Assine a EMPREENDA e receba, gratuitamente, uma série de conteúdos que vão te ajudar a impulsionar o seu negócio.

Segundo a BeFly, a compra do Instaviagem vem na esteira dos esforços para trazer mais inovação à um grupo com mais de 50 anos, ao passo em que pode trazer novos clientes ao adotar mais tecnologia e inovação, duas características inerentes às startups.

“Ela chega para resolver uma “grande dor” dos viajantes: o longo tempo que se leva para planejar uma viagem, além de tornar o processo muito mais simples.", diz Marcelo Cohen, CEO da BeFly. Em média, as pessoas gastam aproximadamente três meses para planejar sua principal viagem do ano, chegando a consultar mais de 50 páginas na internet”.

Para solucionar parte dessas dores da extensa jornada em busca da viagem perfeita, a agência prepara um cardápio com os melhores destinos e com itinerários e roteiros individuais, considerando critérios como perfil de cada usuário e o orçamento disponível. Além das indicações de viagens, passeios e dicas de turismo, o viajante também tem suporte 24 horas durante toda a viagem e cashback para as próximas. Desde sua fundação, o Instaviagem já atendeu cerca de 15.000 pessoas.

O Instaviagem agora se une ao rol de empresas já compradas pela BeFly na intenção de criar uma holding capaz de atender a todas as pontas e facetas do turismo nacional. Entre as empresas adquiridas está a Queensberry, dedicada ao turismo de luxo; 3Sixty, startup focada em eventos e live marketing e a Qualitours, de cruzeiros de luxo.

Nenhuma das aquisições teve valor divulgado, com exceção da união com a Flytour, que na época custou à Belvitour algo em torno de R$ 500 milhões. Ao todo, a BeFly possui 25 empresas integradas ao grupo, que deve faturar R$ 6 bilhões em 2022.

“Entrar para o ecossistema da BeFly abre um leque de oportunidades, uma integração com outras empresas, com essa venda 360 e esse olhar para toda a cadeia de serviço que podem ser prestados, mais produtos, facilidade de negociação com pacotes e fornecedores”, comenta Caio Martins, CEO do Instaviagem.

Antes de ser adquirida pela holding BeFly, o Instaviagem recebeu cerca de R$ 3,8 milhões em investimentos dos fundos GV Angels, Domo Invest, Verve Capital e alguns investidores anjo.

LEIA TAMBÉM

Fusão de cervejarias: CBCA e Startup Brewing querem faturar R$ 70 mi em 2022

Pampili fatura R$ 200 milhões em 2021 e quer duplicar esse valor até 2026