Avianca paga taxa e opera em Guarulhos; fim de semana segue em aberto

Anúncio ocorre um dia após a operadora do maior aeroporto do país afirmar que só permitiria voos da companhia no local se recebesse pagamento adiantado

São Paulo — O Aeroporto de Guarulhos informou que recebeu o pagamento das taxas aeroportuárias da Avianca e que, por isso, a companhia continuará operando normalmente no terminal. A empresa tinha até 17 horas para efetuar o depósito. A assessoria de imprensa do aeroporto não informou, contudo, quando será exigido novo pagamento para a operação da aérea que passa por processo de recuperação judicial.

A notificação segue a de operadoras de outros aeroportos ao longo desta semana que também passaram a exigir o pagamento das tarifas à vista para permitir decolagem e aterrissagem dos voos.

Entre os terminais que adotaram a mesma estratégia de exigir o pagamento, estão os aeroportos de Porto Alegre, Florianópolis, Galeão (Rio de Janeiro), Salvador e Fortaleza.

A Avianca Brasil entrou com pedido de recuperação judicial em dezembro e tem incorrido em dívidas com empresas de leasing e operadores de aeroportos, à medida que continua realizando a maioria de seus voos programados.

A companhia aérea está com pouco caixa e atrasou pagamentos em março.

Final de semana

A assessoria de imprensa do Aeroporto de Guarulhos corrigiu informação divulgada mais cedo sobre o pagamento das taxas aeroportuárias da Avianca. O terminal esclarece que a aérea fez na quinta-feira, 11, o pagamento das taxas relativas à operação desta sexta-feira, mas ainda precisa depositar os valores para a operação do sábado, domingo e segunda-feira, dia 15. A empresa tem até 17 horas desta sexta-feira, 12, para liquidar as taxas dos três dias.

Segundo o Aeroporto de Guarulhos, diante dos problemas financeiros da aérea, a operação da Avianca será autorizada sempre com o pré-pagamento das taxas aeroportuárias.

A nova política segue a de operadoras de outros aeroportos ao longo desta semana que também passaram a exigir o pagamento das tarifas à vista para permitir decolagem e aterrissagem dos voos.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.