Amazon vai comprar Whole Foods por US$ 13,7 bilhões

Companhias esperam concluir o acordo durante o segundo semestre de 2017

A Amazon.com informou que vai comprar a Whole Foods Market em um acordo avaliado em cerca de 13,7 bilhões de dólares, incluindo dívida.

A oferta de 42 dólares por ação representa um prêmio de 27 por cento em relação ao preço de fechamento da Whole Foods na quinta-feira.

A negociação das ações da Whole Foods foi interrompida a 32,77 dólares no pré-mercado, enquanto as ações da Amazon subiam 0,5 por cento, a 969 dólares.

Excluindo dívida, o acordo estaria avaliado em 13,39 bilhões de dólares, com base em 318,9 milhões de ações diluídas em circulação até 9 de abril.

A Whole Foods, uma rede de lojas com foco em produtos naturais e orgânicos, continuará a operar sob sua marca, disseram as empresas. John Mackey seguirá como presidente-executivo da rede, cuja sede continuará sendo em Austin, no Texas.

A Amazon e a Whole Foods esperam concluir o acordo durante o segundo semestre de 2017.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também