Acompanhe:
seloNegócios

Recentemente, a Adidas encerrou as atividades de sua loja conceito na região sul da China. A loja, que teve um investimento total de RMB 50 milhões, foi fechada em apenas dois anos em funcionamento. A loja foi inaugurada em 18 de dezembro de 2021, em Shenzhen, e possuía uma área total de mais de 3.200 metros quadrados.

Um representante da Adidas afirmou ao site chinês Yicai que o fechamento faz parte de um ajuste e uma adequação normal de lojas. Este ano, a Adidas está abrindo novas lojas de destaque como parte de sua estratégia, enquanto otimiza suas lojas existentes. Nos últimos três anos, houve mudanças na estrutura de fluxo de pessoas em muitos distritos comerciais urbanos, e a Adidas está ajustando suas lojas offline de acordo com essas mudanças. Segundo o porta-voz da empresa, a companhia está combinando com sua estratégia de operação, que envolve o fechamento e a abertura de lojas conforme necessário, com o único propósito de atender melhor às necessidades de compra dos consumidores.

Nos últimos anos, devido à pandemia, mudanças nas preferências dos consumidores e à concorrência crescente, a Adidas viu uma queda contínua no desempenho financeiro durante oito trimestres consecutivos no mercado chinês.

De acordo com o último relatório financeiro, o desempenho da empresa está se recuperando no terceiro trimestre de 2023. No terceiro trimestre, a receita global da Adidas foi de 6 bilhões de euros, um aumento de 1% em relação ao ano anterior em termos de câmbio neutro. A margem bruta aumentou 0,2 pontos percentuais, atingindo 49,3%; o lucro operacional foi de 409 milhões de euros. Além disso, nos primeiros três trimestres deste ano, a receita global da Adidas atingiu 16,616 bilhões de euros, um aumento de 3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
"Novo chamado": com R$ 1 bi em receita, francesa compra negócio no Brasil para ser a TI das empresas
seloNegócios

"Novo chamado": com R$ 1 bi em receita, francesa compra negócio no Brasil para ser a TI das empresas

Há 8 horas

Jensen Huang, fundador da Nvidia, fica R$ 41,5 bilhões mais rico em menos de 24 horas
seloNegócios

Jensen Huang, fundador da Nvidia, fica R$ 41,5 bilhões mais rico em menos de 24 horas

Há 10 horas

Chega de teoria: veja, na prática, como criar um negócio do zero utilizando ferramentas de IA
seloNegócios

Chega de teoria: veja, na prática, como criar um negócio do zero utilizando ferramentas de IA

Há 13 horas

Goldman Sachs lidera aporte de US$ 55 mi em Simetrik, startup que tem Brasil como pilar de expansão
seloNegócios

Lego do acerto de contas, Simetrik capta US$ 55 mi para avançar no Brasil

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais