Acompanhe:
seloNegócios

Ao abrir uma empresa, você precisa planejar cada passo que irá dar. É necessário detalhar os objetivos e as estratégias para alcançar o sucesso do empreendimento. Para isso, você deve montar um plano de negócios.

Ele funciona como um organizador de ideias, cujo objetivo é direcionar suas ações. “É o conjunto de informações que o empresário deve arrecadar e que vai mostrar todas as particularidades relativas ao negócio, são informações relevantes para o bom andamento da empresa”, explica o coach em empreendedorismo João Batista Duarte.

Conheça o seu ramo de atuação

Para montar o seu plano de negócios, você precisa entender muito bem o ramo em que vai atuar. “Não é o caso, no primeiro momento, de ser um expert, mas é o caso de pesquisar e conhecer o mercado, suas tendências, casos de sucesso e insucesso, propensos clientes, fornecedores, concorrentes, perfil de cada um deles e alterações ocorridas no mercado nos últimos anos. Com essas informações básicas, você estará pronto para elaborar o plano”, esclarece Jorge Bahia, do Grupo Bahia & Associados.

Montando o plano de negócios

O plano de negócios será o seu guia, uma espécie de sumário executivo. “Dados como referências dos empreendedores com suas experiências acadêmicas e profissionais, dados do empreendimento (indústria, comércio, serviços, foco em algum mercado específico), missão da empresa, tipo de formatação jurídica, enquadramento tributário, capital social, fontes de recursos, principais clientes e fornecedores, localização e perfil dos colaboradores são fundamentais na composição do plano”, lembra Jorge Bahia.

De acordo com Luiz Eduardo Rego, presidente do Grupo Nyoá, o plano de negócios deve seguir algumas dessas etapas:

1. Descrição da empresa

Nessa primeira etapa, deverá ser feita a delimitação do negócio e da sua origem.

2. Planejamento estratégico

Serão expostas aqui as ações para alcançar os objetivos da empresa, com definição da missão, visão e valores, assim como a análise SWOT (objetivos e metas com a criação de controle e retorno de informações).

3. Produtos e serviços

Lista de itens comercializados.

4. Análise de mercado

Delimitação do cenário atual e projeção de futuro, se existem concorrentes e quais são, fixação de fornecedores e público-alvo e o diferencial da empresa.

5. Plano de marketing

A partir dos 4Ps (produto, preço, praça e promoção), será criada a estratégia para propagar a marca.

6. Plano operacional

Aqui deverão ser listadas minimamente todas as funções da empresa e qual setor será o responsável por cada tarefa.

7. Plano financeiro

Deverá apontar como a empresa chegará ao lucro.

8. Plano de investimentos

Lista de escolhas financeiras que darão origem à solidez futura da empresa. Deve ser um elemento utilizado em toda sua vida para que o negócio possa crescer e passar confiança ao público, assim como para possíveis investidores.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Calendário abono salarial PIS/Pasep 2024; veja datas de pagamento
seloMinhas Finanças

Calendário abono salarial PIS/Pasep 2024; veja datas de pagamento

Há 15 horas

PIS 2024: quem trabalhou em 2023 tem direito ao abono salarial este ano?
seloMinhas Finanças

PIS 2024: quem trabalhou em 2023 tem direito ao abono salarial este ano?

Há 15 horas

Imposto de Renda 2024: Como declarar aluguel? Aumenta minha restituição?
seloMinhas Finanças

Imposto de Renda 2024: Como declarar aluguel? Aumenta minha restituição?

Há um dia

Eles criaram um app para estimular o "chamego" entre as pessoas negras. E devem faturar R$ 2 mi
seloNegócios

Eles criaram um app para estimular o "chamego" entre as pessoas negras. E devem faturar R$ 2 mi

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais