A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Ucrânia diz que 2 mil militares russos morreram no conflito

Kremlin nega estar enviando tropas para a Ucrânia em apoio aos separatistas pró-Rússia

Kiev - Cerca de 2 mil militares russos foram mortos até agora no conflito no leste da Ucrânia, disse o porta-voz dos militares ucranianos, Andriy Lysenko, nesta sexta-feira, citando dados de inteligência.

Não foi possível verificar a informação de modo independente.

O Kremlin nega estar enviando tropas para a Ucrânia em apoio aos separatistas pró-Rússia, que enfrentam as forças do governo de Kiev.

O governo ucraniano e seus aliados ocidentais alegam haver um grande número de evidências que comprovam o envolvimento direto das tropas russas em batalhas no leste da Ucrânia.

Moscou disse que soldados russos recentemente capturados por forças ucranianas tinham se perdido durante um exercício de treinamento.

A ONU contabilizou o número total de mortos no conflito ucraniano, que começou em abril, em mais de 2.600 pessoas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também