Turquia proíbe voo de observação russo em seu espaço aéreo

A Turquia e a Rússia atravessam uma grave crise diplomática desde que a aviação turca derrubou na fronteira síria em novembro um bombardeiro russo

A Turquia confirmou nesta quinta-feira ter proibido por razões de segurança um voo de observação russo em seu espaço aéreo próximo à Síria, e explicou que os dois países, em plena crise diplomática, não conseguiram entrar em acordo.

"Não foi possível chegar a um acordo sobre o itinerário pedido pela Federação da Rússia para o voo de reconhecimento do período de 2 a 5 de fevereiro de 2016, razão pela qual o voo não foi realizado", indicou o ministro turco das Relações Exteriores.

A Turquia, integrante da Otan, e a Rússia atravessam uma grave crise diplomática desde que a aviação turca derrubou na fronteira síria em novembro um bombardeiro russo, acusado de ter entrado em seu espaço aéreo na fronteira com a Síria.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também