Suíça devolverá ao Brasil mais US$70 mi durante investigação

Cerca de 800 milhões de dólares em ativos na Suíça foram congelados até agora

Zurich - As autoridades suíças planejam devolver mais 70 milhões de dólares em fundos congelados em meio a uma investigação do esquema de corrupção na Petrobras, afirmou o escritório do procurador-geral suíço, Michael Lauber, após encontro com o procurador-geral da República do Brasil, Rodrigo Janot.

Os procuradores federais suíços têm recebido relatos de cerca de 340 relações bancárias suspeitas em relação à investigação na Petrobras e, desde 2014, foram abertas cerca de 60 investigações sobre suspeitas de lavagem de dinheiro ou corrupção.

Cerca de 800 milhões de dólares em ativos na Suíça foram congelados até agora.

Há um ano, 120 milhões de dólares desses recursos foram desbloqueados com o consentimento dos titulares de contas com o objetivo de devolver o dinheiro para as partes que registraram prejuízos, disse nesta quinta-feira o gabinete do procurador-geral.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também