Suíça anuncia novas sanções contra a Rússia e proíbe transações com ouro

"As novas medidas dizem respeito principalmente à proibição de comprar, importar ou transportar ouro e produtos de ouro da Rússia", diz o documento
Transações que envolvem produtos agrícolas e fornecimento de petróleo a terceiros não serão afetadas (Edgar Su/Reuters)
Transações que envolvem produtos agrícolas e fornecimento de petróleo a terceiros não serão afetadas (Edgar Su/Reuters)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 04/08/2022 às 16:56.

Com a guerra na Ucrânia ainda sem sinal de estar próxima de um fim, a Suíça anunciou novas sanções contra a Rússia, que entraram em vigor nesta quarta (3), de acordo com o Conselho Federal da Suíça.

"As novas medidas dizem respeito principalmente à proibição de comprar, importar ou transportar ouro e produtos de ouro da Rússia", diz o documento, reforçando que as sanções estão sendo impostas em resposta à "contínua agressão militar" contra a nação ucraniana.

O banco russo Sberbank agora está com seus ativos congelados e proibido de fornecer fundos, recursos econômicos ou serviços técnicos. Além disso, o banco em breve terá de vender todas as suas subsidiárias, à medida que "novas derrogações estão sendo introduzidas".

Como exceções abertas pelo Conselho Federal, transações que envolvem produtos agrícolas e fornecimento de petróleo a terceiros, como a União Europeia (UE), não serão afetadas pelas sanções.

(Estadão Conteúdo)

LEIA TAMBÉM:

Alicerce Educação reúne profissionais para falar sobre liderança, ESG e RH

Senado dos EUA aprova entrada de Finlândia e Suécia na Otan; veja o que falta

Mercado americano busca proteção em derivativos de crédito