Se envenenamento for comprovado, palestinos irão ao TPI

O corpo do líder palestino Yasser Arafat foi exumado devido à suspeita de morte por envenenamento

Ramallah - Os dirigentes palestinos irão ao Tribunal Penal Internacional (TPI) se as amostras tiradas nesta terça-feira dos restos do líder palestino Yasser Arafat confirmarem a tese de envenenamento, declarou uma autoridade palestina.

"Se tivermos a prova de que Yasser Arafat foi envenenado, iremos ao Tribunal Penal Internacional", declarou o chefe da comissão investigadora palestina, Taufiq Tiraui, durante uma entrevista coletiva à imprensa.

Tiraui fez essas declarações pouco depois da abertura do túmulo de Arafat por algumas horas para que fossem tomadas amostras, que foram entregues a especialistas internacionais, que as analisarão para verificar se contêm polônio, uma substância radioativa altamente tóxica.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.