Putin estuda pedido da Crimeia de se juntar à Rússia

Vladimir Putin presidiu reunião durante a qual foi abordado o pedido do Parlamento da península ucraniana da Crimeia de se juntar à Rússia

Moscou - O chefe de Estado russo, Vladimir Putin, presidiu nesta quinta-feira uma reunião do Conselho de Segurança de seu país, durante a qual foi abordado o pedido do Parlamento da península ucraniana da Crimeia de se juntar à Rússia, indicou o Kremlin.

Uma reunião de emergência do Conselho de Segurança foi convocada para tratar a situação na Ucrânia e, mais particularmente, o pedido do Parlamento local da Crimeia, segundo o porta-voz de Putin, Dmitri Peskov, citado pela agência pública Ria Novosti.

O porta-voz do Kremlin não forneceu mais detalhes sobre as discussões.

O Conselho de Segurança russo compreende o primeiro-ministro Dmitri Medvedev, o chefe do Serviço Federal de Segurança (SFS) Nikolaï Bortnikov, o chefe dos serviços de inteligência Mikhaïl Fradkov, o ministro da Defesa Sergueï Choïgu e o chefe da administração presidencial Sergueï Ivanov.

O Parlamento local da Crimeia, dominado por pró-russos, pediu nesta quinta-feira a Vladimir Putin a anexação da península ucraniana à Rússia e anunciou a organização de um referendo em 16 de março para validar. Os eleitores poderão escolher entre se juntar à Federação da Rússia ou reforçar sua autonomia.

A Crimeia foi "doada" em 1954 à Ucrânia soviética por Nikita Khruchtchev, de origem ucraniana. Para evitar tentações separatistas, Kiev lhe concedeu em 1992 o status de república autônoma.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.