Presidência francesa considera críticas da UE inaceitáveis

Governo da França classificou as declarações da Comissão Europeia como uma `polêmica estéril´

Paris - A presidência da França qualificou nesta quarta-feira de "inaceitáveis" as críticas da comissária europeia de Justiça, Viviane Reding, sobre a expulsão de ciganos pelo governo francês e pediu que ela "não se deixe levar por uma polêmica estéril".

"Não se trata de fazer polêmica, nem com a Comissão nem com o Parlamento (europeu). No entanto, algumas declarações são simplesmente inaceitáveis", afirmou uma fonte do Palácio do Eliseu, que pediu anonimato, às vésperas de uma reunião de chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE) em Bruxelas, que terá a presença de Nicolas Sarkozy.

"É o momento de um diálogo sereno para tratar os assuntos importantes. Existe a vontade de abordar as coisas importantes, ao invés de se deixar levar por uma polêmica estéril", completou a mesma fonte.

A comissária europeia de Justiça e Direitos Fundamentais, Viviane Reding, criticou duramente na terça-feira a política de expulsão de ciganos aplicada pela França e acelerada a partir de julho, estabelecendo um paralelo com as deportações executadas pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

"A discriminação por motivos de raça ou etnia não tem espaço na Europa", afirmou a comissária, que disse ter ficado "chocada" com uma situação que "acreditava não voltaria a ver depois da Segunda Guerra Mundial".

Os ciganos expulsos pela França são procedentes da Romênia e Bulgária, membros da UE desde 2007. Mais de mil deles foram expulsos desde julho como resultado do endurecimento da política de segurança do presidente Sarkozy.

Leia mais notícias sobre a França

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.