Número de mortos sobe para 343 após terremoto no México

Em alguns lugares, ainda há trabalhos de busca por sobreviventes, mas maioria dos escombros já foi limpa na cidade

Cidade do México - O governo federal do México anunciou que o número de mortos pelo terremoto de magnitude 7,1 de 19 de setembro atingiu 343 no centro do país. O balanço anterior era de 338 vítimas.

O coordenador nacional da Defesa Civil, Luis Felipe Puente, afirmou em sua conta no Twitter que 204 mortes ocorreram na Cidade do México, 74 em Morelos, 45 em Puebla, 13 no Estado do México, seis em Guerrero e uma em Oaxaca.

O sismo ocorreu menos de duas semanas após outro terremoto, de magnitude 8,1, atingir o sul mexicano e deixar quase 100 mortos.

O terremoto mais recente derrubou 38 edifícios na capital do país. Em alguns lugares, ainda há trabalhos de busca por sobreviventes. A maioria dos escombros, porém, já foi limpa na cidade.

O presidente Enrique Peña Nieto afirmou na quarta-feira quer um balanço preliminar aponta que os estragos pelos terremoto podem atingir 38,1 bilhões de pesos mexicanos (US$ 2 bilhões).

Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também