Mundo

Milei se reúne com Musk e embaixador diz que foi 'encontro de almas gêmeas'

Presidente argentino visitou fábrica da Tesla em Austin, nos Estados Unidos

O presidente Javier Milei e o empresário Elon Musk, durante encontro nos EUA (X/Reprodução)

O presidente Javier Milei e o empresário Elon Musk, durante encontro nos EUA (X/Reprodução)

Rafael Balago
Rafael Balago

Repórter de macroeconomia

Publicado em 12 de abril de 2024 às 14h41.

Última atualização em 12 de abril de 2024 às 14h56.

O presidente da Argentina, Javier Milei, se encontrou com o empresário Elon Musk nos Estados Unidos nesta sexta, 9. O líder argentino visitou uma fábrica da Tesla em Austin, no Texas.

Após o encontro com Milei, Musk postou uma foto dos dois na rede social X, com a frase "Para um futuro excitante e inspirador". Milei retuitou a foto com um comentário: "Os líderes do mundo livre, o presente e o futuro do mundo".

Segundo Gerardo Werthein, embaixador da Argentina nomeado para os EUA, houve grande proximidade entre os dois. "A química que houve na reunião é muito difícil de descrever, era como se houvessem se juntado duas almas gêmeas", disse, ao jornal Clarín.

Na conversa, também foi citado o embate de Musk com Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal  (STF). "Javier lhe ofereceu ajuda no que ele precise, em relação aos seus empregados, no conflito que surgiu no Brasil", disse Werthein.

O bilionário questiona decisões da Justiça brasileira para derrubar perfis na rede social X, da qual é dono, e fez ataques diretos ao ministro Alexandre de Moraes.

Em uma das publicações, Musk chamou Moraes de "ditador brutal" e o acusou de interferir na última eleição presidencial brasileira. O empresário ainda afirmou que vai tirar funcionários da rede social do Brasil. 

Apoio a Milei

O bilionário já fez vários gestos públicos de apoio a Milei. Em janeiro, elogiou seu discurso no Fórum Econômico Mundial, em Davos, quando Milei fez críticas a governos de esquerda e disse que o Ocidente estava em perigo. "Uma boa explicação do que faz os países serem mais ou menos prósperos", disse na época.

Antes da posse de Milei, segundo o jornal Clarín, Musk prometeu visitar a Argentina e investir no país. Em fevereiro, a Starlink, empresa de internet por satélite de Musk, foi autorizada a operar no país.

Em entrevista à Bloomberg, na semana passada, Milei disse que teria um encontro com Musk em breve. "Ele vai ser um jogador ativo e terá um papel na nova Argentina", disse.

Acompanhe tudo sobre:ArgentinaJavier Mileielon-musk

Mais de Mundo

UE aprova em definitivo reforma da política migratória

Mundo bate recorde de 76 milhões de pessoas que precisaram abandonar suas casas devido a conflitos

Polícia retira estudantes pró-palestinos da Universidade de Genebra

Blinken se encontra com Zelensky em visita surpresa à Ucrânia e reafirma apoio dos EUA

Mais na Exame