Mundo

Irã confirma ataque de drones e mísseis contra Israel, diz imprensa estatal iraniana

Mais cedo, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que o país tem se preparado para um ataque do Irã há anos

 Benjamin Netanyahu: primeiro-ministro de Israel assegurou que o sistema de defesa está a postos para qualquer cenário que eventualmente surgir (JACQUELYN MARTIN/POOL/AFP /Getty Images)

Benjamin Netanyahu: primeiro-ministro de Israel assegurou que o sistema de defesa está a postos para qualquer cenário que eventualmente surgir (JACQUELYN MARTIN/POOL/AFP /Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 13 de abril de 2024 às 18h43.

A Guarda Revolucionária do Irã confirmou que lançou "dezenas de drones e mísseis" em direção ao território israelense neste sábado, 13, segundo informou a mídia estatal iraniana. O grupo explicou que a ofensiva representa uma resposta ao ataque que destruiu o consulado do Irã em Damasco, na Síria.

Israel não assumiu autoria pela investida oficialmente, mas até mesmo seus aliados veem envolvimento do país na ação, que matou pelo menos 16 pessos. O porta-voz do Exército israelense para a imprensa árabe, Avichay Adraee assegurou que os militares estão implementando medidas previamente planejadas para esse tipo de situação.

As ações incluem a suspensão de serviços de GPS em regiões do país. "Estamos monitorando a ameaça no espaço aéreo", reiterou em comunicado.

Netanyahu diz que Israel está preparado para ataque

Mais cedo, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que o país tem se preparado para um ataque do Irã há anos, mas principalmente nas última semanas. Em vídeo publicado nas redes sociais, o premiê assegurou que o sistema de defesa está a postos para qualquer cenário que eventualmente surgir.

Netanyahu reforçou o compromisso em responder a ações que prejudiquem os israelenses. "Nos defenderemos de qualquer ameaça e o faremos com frieza e determinação", assegurou ele, que ainda pediu que os cidadãos mantenham a calma.

O líder político também aproveitou para agradecer Estados Unidos Reino Unido e França pelo apoio que têm demonstrado nos últimos dias.

Estados Unidos apoiarão Israel

A Casa Branca, por sua vez, confirmou que o Irã iniciou um ataque aéreo contra Israel e disse esperar que a investida se desenrole ao longo de algumas horas. Em comunicado, a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Adrienne Watson, reforçou o compromisso de Washington em apoiar o povo israelense e a defesa do aliado contra as ameaças do Irã.

Segundo Watson, o presidente norte-americano, Joe Biden, está sendo constantemente atualizado sobre a questão por sua equipe de segurança e fará reuniões na Casa Branca neste sábado. "O Presidente Biden tem sido claro: o nosso apoio à segurança de Israel é inflexível", destacou.

Acompanhe tudo sobre:IsraelEstados Unidos (EUA)

Mais de Mundo

Morte de presidente do Irã não deve gerar revolução, mas disputa silenciosa, diz especialista

EUA: Yellen pedirá a aliados europeus para atuar de modo conjunto nas sanções contra a Rússia

Julgamento de Trump entra em fase final, em meio a suspense sobre seu testemunho

Tensão entre Milei e Sánchez, primeiro-ministro da Espanha, se desdobra em crise diplomática

Mais na Exame