FMI adverte sobre risco de bolha de crédito na América Latina

Chefe do Fundo Monetário Internacional alertou neste sábado que muitas economias latino-americanas mostram sinais de superaquecimento

Calgary – O chefe do Fundo Monetário Internacional alertou neste sábado que muitas economias latino-americanas mostram sinais de superaquecimento e que a região estava em risco de uma bolha de crédito.

“O crescimento na maioria das economias da América Latina agora está de volta ao seu potencial e em muitas delas existem sinais preocupantes de superaquecimento”, disse o chefe do FMI, Dominique Strauss-Kahn, em um blog que coincidiu com sua viagem para Calgary, no Canadá.

Os responsáveis por todo o continente latino-americano se reuniram durante o fim de semana em Calgary.

“O aprofundamento financeiro (na América Latina), embora bem-vindo, pode trazer seus próprios desafios, por exemplo, o risco de bolhas de crédito”, disse Strauss-Kahn.
 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.