Acompanhe:

Federer e Nadal doam 172 mil dólares para combater incêndios na Austrália

Os incêndios na Austrália deixaram ao menos 28 mortos, destruíram mais de 2 mil casas e queimaram uma área de 100 mil quilômetros quadrados

Modo escuro

Continua após a publicidade
Roger Federer, Rafael Nadal e outros dez atletas fizeram doações para a Austrália (Julian Finney / Equipe/Getty Images)

Roger Federer, Rafael Nadal e outros dez atletas fizeram doações para a Austrália (Julian Finney / Equipe/Getty Images)

A
AFP

Publicado em 15 de janeiro de 2020 às, 10h45.

Roger Federer e Rafael Nadal doaram juntos 250.000 dólares australiano, cerca de 172 mil dólares americanos, para um fundo de ajuda à Austrália, país assolado por gigantescos incêndios que provocaram danos ecológicos catastróficos.

Os dois maiores nomes do tênis, que juntos somam 39 títulos de Grand Slam, participaram em Melbourne de um evento de exibição para arrecadar fundos nesta quarta-feira para ajudar as vítimas dos incêndios, numa cidade contaminada pela fumaça.

Outras estrelas do tênis estavam presentes, como Serena Williams, Caroline Wozniacki, Novak Djokovic, Naomi Osaka, Petra Kvitova, Dominic Thiem, Coco Gauff, Nick Kyrgios, Stefanos Tsitsipas e Alexander Zverev.

As estrelas do tênis disputaram alguns jogos em equipe, numa quadra coberta, para ajudar na arrecadação de fundos.

"Quero só me divertir um pouco esta noite e espero que possamos superar isso", declarou o australiano Nick Kyrgios, um dos tenistas mais comprometidos com a causa e que jogou um set contra Federer no evento.

Os incêndios, que causaram a morte de 28 pessoas, segundo balanço oficial, já destruíram mais de 2.000 casas e queimaram uma área de 100.000 quilômetros quadrados -uma superfície maior que a de um país como a Coreia do Sul-, além de adiar a disputa da fase classificatória do Aberto da Austrália.

A eslovena Dalila Jakupovic precisou abandonar sua partida de classificação devido à fumaça. Os tenistas que se viram obrigados a jogar nessas condições protestaram.

Os organizadores descartam a possibilidade de adiar o primeiro Grand Slam da temporada, afirmando que a cidade de Melbourne conta com um número suficiente de quadras cobertas para a disputa do torneio.

Últimas Notícias

Ver mais
Pentágono atribui sigilo sobre câncer de Austin a aspectos de protocolo
Mundo

Pentágono atribui sigilo sobre câncer de Austin a aspectos de protocolo

Há 3 horas

Macron anuncia coalizão para enviar munições a Kiev e não descarta mobilizar tropas
Mundo

Macron anuncia coalizão para enviar munições a Kiev e não descarta mobilizar tropas

Há 4 horas

Rússia aumenta influência na África com "pacote de sobrevivência" a governos
Mundo

Rússia aumenta influência na África com "pacote de sobrevivência" a governos

Há 4 horas

Número de nascimentos no Japão cai para mínima recorde em 2023
Mundo

Número de nascimentos no Japão cai para mínima recorde em 2023

Há 4 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais