Mundo

Em ano eleitoral, americanos consideram imigração como maior problema dos EUA

Assunto aparece na primeira colocação da lista pelo terceiro mês seguido

Publicado em 30 de abril de 2024 às 11h47.

Última atualização em 30 de abril de 2024 às 12h45.

De acordo com uma nova pesquisa da consultoria Gallup, 27% dos americanos acreditam que o maior problema que os Estados Unidos enfrentam é a imigração. Trata-se do terceiro mês seguido em que ela apareceu na primeira posição do ranking.

É importante salientar que a chegada de imigrantes à fronteira do México com os EUA atingiu parâmetros recordes em meio à Presidência de Joe Biden. Assim, o assunto se apresenta como mais atual do que nunca, levantando preocupações de americanos em relação à sua cultura e ao mercado de trabalho.

O levantamento foi realizado em abril. Em dezembro de 2023, por exemplo, a imigração empatou com o governo em termos de principais preocupações dos americanos. Desde fevereiro, porém, ela aparece isolada na primeira colocação. Trata-se de uma ocasião inédita em que o assunto está nesse lugar da lista por diversos meses sucessivos.

Desde o começo dos levantamentos, outros temas que ocuparam o primeiro lugar são a guerra contra o Iraque, a inflação, a covid-19, o desemprego e o terrorismo.

Historicamente, a economia, o governo e a guerra contra o Iraque ficaram em primeiro lugar com a maior frequência, respectivamente.

Segundo a pesquisa, é muito mais provável que republicanos apontem a imigração como um problema importante. No total, apenas 8% dos democratas mencionaram a imigração no estudo, ante 48% dos republicanos e 25% dos independentes.

Conforme informações da Gallup, a imigração é o tema mais polarizador desde o começo dos levantamentos, há 25 anos.

Acompanhe tudo sobre:ImigraçãoEstados Unidos (EUA)

Mais de Mundo

EUA anuncia que vai priorizar entregas de sistemas de defesa aérea Patriot para a Ucrânia

Putin ganha cães de Kim Jong-un durante visita à Coreia do Norte; veja fotos

Ozempic e Wegovy "acabam" com canetas de insulina na África do Sul; entenda

Investimento estrangeiro cai 10% no Brasil em 2023, aponta relatório da ONU

Mais na Exame